Mais velhos, mas não esquecidos

Pela terceira vez no Brasil, o Hanson mostrou músicas novas e recordou antigos hits para plateia fiel

Paulo Cavalcanti Publicado em 07/11/2011, às 10h57 - Atualizado às 11h24

Taylor Hanson e seus irmãos mostraram hits, mas também aproveitaram para apresentar faixas do disco Shout it Out, que não foi lançado no Brasil

Ver Galeria
(4 imagens)

Quem viveu o fim dos anos 90 e o começo de 2000 sabe que o grupo Hanson foi um fenômeno de curta duração, mas que marcou época. O tempo passou, os irmãos cresceram e, naturalmente, as fãs também. Mas o curioso é que o trio hoje não atrai apenas admiradoras nostálgicas. Aqui no Brasil existe uma base de fãs pequena, mas muito fiel, que acompanha tudo o que os rapazes de Tulsa, Oklahoma, fazem. Agora, o trio voltou a pisar em nosso território pela terceira vez – a primeira, foi no auge, em 2000, quando vieram com músicos de apoio; a segunda, em 2005, quando retornaram para alguns shows acústicos. No última sexta, 4, o grupo tocou em Porto Alegre, e no domingo, 6, a apresentação foi no Citibank Hall, em São Paulo.

O show, que estava marcado para às 20h, começou com cerca de meia hora de atraso, causando muita ansiedade no público predominantemente feminino que lotava o local (três mil pessoas, segundo a organização). Logo que os rapazes apareceram diante da plateia, a gritaria foi intensa. O trio dispensou músicos de apoio e, assim, no palco só estavam mesmo Taylor (teclados), Isaac (guitarra) e Zac (bateria).

A banda deu uma geral na carreira, mas também aproveitou a ocasião para mostrar várias canções de Shout It Out, disco lançado no ano passado de forma independente e que ainda permanece inédito no Brasil. Mas o fato de conter uma porção de música novas não esfriou o show, muito pelo contrário. As fãs sabiam de cor todas as músicas deste trabalho e cantaram com grande entusiasmo canções como "Waiting For This" (que abriu a performance), "Thinking 'Bout Somethin'" e "Carry You There".

Taylor, o irmão do meio, além de tocar teclado, é o cantor da maioria das canções, o ponto focal e mestre de cerimônias. Os rapazes demonstraram auto-suficiência e seguraram bem o show, embora um baixo ali sem dúvida seria de bom uso, principalmente nas canções mais pulsantes, que deram a tônica no começo e no fim do show. Na metade, houve um momento acústico, com os irmãos interpretando canções mais pausadas como "Runaway Run", "Penny and Me", "Go" (com vocal do caçula Zac), "More Than Anything", "Deeper", "Madeline" e outras.

Quando os rapazes vieram com "And I Waited’ e "Give a Little”, ambas de Shout It Out, a apresentação já entrava na reta final. O hit "MMMBop", (do álbum Middle of Nowhere, de 1997, que abriu as portas do sucesso para os irmãos) e a mais contemporânea "Lost Without Each Other" (de Underneath, álbum de 2004) encerram a parte principal de um show que manteve um alto pique. Logo depois, Taylor, Isaac e Zac ainda voltaram para lembrar os sucessos "If Only" e "In The City", canções do milionário álbum This Time Around, lançado em 2000. Depois de 1h50 no palco, os rapazes agradeceram calorosamente e prometeram um retorno em breve ao Brasil.