Marcelo D2 faz show repleto de convidados no Rock in Rio

Fernandinho Beat Box, Stephan (filho do rapper) e Helinho, vocalista do Ponto de Equilíbrio, passaram pelo palco

Stella Rodrigues, do Rio de Janeiro Publicado em 30/09/2011, às 21h02 - Atualizado em 01/10/2011, às 01h16

Marcelo D2

Ver Galeria
(2 imagens)

O já tradicional atraso no palco Sunset ocorreu novamente nesta sexta, 30. Quando deu 19h, o público que assistia ao animado show do Monobloco com Macaco e Pepeu Gomes se dirigiu todo ao palco Mundo, para ver a apresentação misturando hip hop e samba de Marcelo D2. O rapper do Rio de Janeiro – que, por coincidência, é parceiro de Macaco, tendo gravado com ele a faixa “Todos“ - abriu o espaço, nesta noite, ao som de “Vai Vendo”.

D2 aproveitou o espaço e a ampla plateia – uma das maiores que já teve no Rio, conforme ele mesmo definiu em entrevista à Rolling Stone Brasil, para repassar sua carreira. No setlist, faixas como “Procura da Batida Perfeita”, “A Arte do Barulho”, “1967” e “Qual É”, que fechou a apresentação com direito a um coro animado da plateia.

Mais do que relembrar os hits, o músico levou ao palco diversos colaboradores: relembrou o colega Speedfreaks, morto no ano passado, e chamou o filho Stephan para cantar com ele em "Eu Já Sabia que Ia Terminar Assim", além de ter dado bastante espaço a Helinho, vocalista do Ponto de Equilíbrio, e ao amigo Fernandinho Beat Box. Este teve um momento só dele na apresentação e que serviu como uma bela forma de levantar o astral - com suas habilidades já consagradas na arte que lhe dá o sobrenome, Fernandinho, ao lado da banda, executou trechos de sucessos como “Seven Nation Army” (White Stripes), “We Will Rock You” (Queen), “Another One Bites the Dust” (Queen), "Smoke On the Water" (Deep Purple) e “Sunday Bloody Sunday” (U2).