Mark Salling, astro de Glee que aguardava sentença por posse de pornografia infantil, morre aos 35 anos, diz site

De acordo com o TMZ e o Hollywood Reporter, corpo do ator foi encontrado em rio em Los Angeles; polícia suspeita de suicídio

Redação Publicado em 30/01/2018, às 16h19 - Atualizado às 17h09

Mark Salling, ator de Glee
John Shearer/Invision/AP

O ator Mark Salling, que viveu o personagem Noah Puckerman no seriado Glee foi encontrado morto nesta terça, 30, aos 35 anos. As informações foram divulgadas inicialmente pelo site norte-americano TMZ e, posteriormente, o Hollywood Reporter disse que uma fonte da polícia por dentro da situação confirmou a notícia.

O corpo de Selling foi supostamente achado próximo a um rio na região de Sunland, em Los Angeles, Califórnia (EUA), onde ele morava. Apesar de a causa ainda ser desconhecida, a polícia norte-americana trabalha com a suspeita de suicídio. Segundo o TMZ, inclusive, ele teria se enforcado em uma quadra de basquete que costumava frequentar, próximo ao riacho.

Em outubro de 2017 ele se declarou culpado por posse de mais de 50 mil fotos de pornografia infantil e, com a declaração, conseguiu um acordo para ser sentenciado a até sete anos de prisão, 13 anos a menos do que a sentença inicialmente prevista (antes de ele se declarar culpado). O julgamento dele estava agendado para o dia 7 de março.

Em agosto do ano passado, pouco mais de um mês antes de se declarar culpado à justiça, Salling havia supostamente cortado os dois pulsos em uma tentativa de suicídio. Os advogados do ator, contudo, negaram o ocorrido.

Salling participou de todas as seis temporadas da série musical de sucesso Glee, na qual interpretava o bad boy "Puck", além de ter participado de outros filmes para a televisão de menor divulgação.