M.I.A. está temporariamente proibida de deixar os Estados Unidos

Disputa da cantora com o ex-namorado pelo filho a impede de voltar para a Inglaterra

Redação Publicado em 15/03/2013, às 13h30 - Atualizado às 18h10

M.I.A. divulga faixa inédita em homenagem à Amy Winehouse
AP

A cantora inglesa M.I.A. se envolveu em uma disputa judicial com o ex-namorado, Benjamin Bronfman, que acabou com uma ordem que a impede de deixar os Estados Unidos. A confusão envolve o filho do casal, Ikhyd, segundo noticiou o site do jornal New York Post.

M.I.A. radical, chique: a maternidade não domou a cantora, que depois de virar mãe passou a fazer música mais pesada ainda.

Os dois atualmente moram em casas separadas no Brooklyn, em Nova York, mas a cantora estaria de malas prontas para voltar para Londres. Bronfman, no entanto, não quer que ela leve o filho, de quatro anos. No Twitter, M.I.A. se manifestou: “Os Bronfmans querem tirar meu filho de mim. Que porra é essa? Eles nunca nem viram ele”. “Toda criança precisa de uma mãe. Eu cresci sem um pai. Se eu crescesse sem a minha mãe não estaria aqui”.

M.I.A. atualmente trabalha em Matangi, o quarto disco de sua carreira. O álbum está previsto para o dia 15 de abril.