Modest Mouse lança clipe dirigido por Heath Ledger

O ator, morto em 2008, idealizou "até o último detalhe" da animação, que mostra baleias na caça predatória de humanos

Da redação Publicado em 04/08/2009, às 16h43

Uma animação soturna, com baleias que saem à caça de humanos para transformá-los em massa de biscoito. Idealizado por Heath Ledger, o novo clipe do Modest Mouse,"King Rat", estreou nesta terça, 4, via MySpace, com homenagem ao ator, morto em janeiro de 2008. "Isso começou com nosso amigo, um grande defensor da vida, e foi completado em seu espírito", vem a frase no final do vídeo. Confira abaixo:

Era janeiro de 2007 quando a ideia chegou até a banda norte-americana, que na ocasião passava pela Austrália, terra natal do ator. Na ocasião, Ledger foi pessoalmente apresentar o conceito ao frontman do grupo, Isaac Brock. A vontade era denunciar o comércio ilegal das baleias, alvos frequentes de caça predatória na costa australiana.

Em entrevista ao canal de TV VH1, em 2007, Brock comentou a gênese do conceito. "Heath e eu temos um amigo em comum e, quando estávamos na Austrália, eu, minha noiva e alguns integrantes da banda estivemos em um barco com ele e sua família, e conversamos sobre a ideia [do clipe]."

Segundo comunicado à imprensa, o vídeo foi "concebido até o último detalhe" pelo intérprete de Coringa, que, entretanto, não terminou o trabalho a tempo. Com a morte do ator, coube à produtora musical e audiovisual The Masses, da qual Ledger era sócio, completar a tarefa.

O clipe foi codirgido pelo ilustrador Daniel Auber e ganhou animação de Norris Houk e Jade Taglioli. Lucros provenientes do primeiro mês de downloads do vídeo, via iTunes, serão destinados a ONG Sea Sheperd, engajada na causa defendida por Ledger.

"King Rat" é um bônus do disco We Were Dead Before The Ship Even Sank (2007), o mais recente lançamento do Modest Mouse. O grupo vem, recentemente, liberando na rede série de faixas inéditas, como "Satellite Skin" e "Perpetual Motion Machine".

Ledger pode ser visto em cenas de seu último filme, The Imaginarium of Dr. Parnassus. A morte do protagonista fez com que o diretor, Terry Gilliam, convocasse Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell para se revezar no mesmo papel principal.