Moneyball, com Brad Pitt, retoma produção

Estúdio havia suspendido o filme sobre beisebol no mês passado; roteiro de Steven Soderbergh foi rejeitado por "não ter emoção"

Da redação Publicado em 10/07/2009, às 12h32

Moneyball, drama sobre beisebol com Brad Pitt encabeçando o elenco, ganhou segunda chance em Hollywood. No mês passado, o projeto havia sido posto de lado pela produtora Columbia, que rejeitou o roteiro proposto por Steven Soderbergh e baseado no livro Moneyball: The Art of Winning an Unfair Game (algo como "bola de dinheiro: a arte de ganhar um jogo injusto"), de Michael Lewis.

A produção será retomada, informou o site The Hollywood Reporter - o mesmo que anunciou a interrupção do projeto semanas atrás. O fôlego renovado para Moneyball veio com a convocação de Aaron Sorkin (criador da série The West Wing) para reescrever a história.

O roteiro foi originalmente escrito por Steve Zaillian, que tem em seu currículo filmes como A Lista de Schindler e Gangues de Nova York. Essa adaptação, no entanto, foi substituída por uma nova, de Soderbergh, que dirigiria a adaptação do best-seller aos cinemas. Sorkin deverá entregar nova versão, escrita em cima do roteiro de Zaillian, em agosto.

Pitt segue no elenco, mas uma baixa é dada como certa: Soderbergh não está mais envolvido com o projeto. Com a paralisação, o cineasta, que trabalhou com Pitt na franquia Onze Homens e Um Segredo, recebeu a permissão de Amy Pascal, presidente de produção da Columbia, para vender o roteiro à Warner Bros e à Paramount.

O projeto poderia ser retomado pela Columbia, com novo roteiro, caso os dois estúdios recusassem a proposta. Para Pascal, a versão rejeitada não tinha emoção o suficiente e era bem diferente do que os executivos do estúdio esperavam.

Antes de Soderbergh entrar em cena, David Frankel (O Diabo Veste Prada) estava encarregado de dirigir o filme sobre os métodos pouco ortodoxos aplicados pelo time Oakland Athletics, chefiado pelo gerente-geral Billy Beane (Pitt).

Meses após Zaillian apresentar o roteiro, a Columbia preferiu pôr o nome de Soderberh nos créditos. Mas, a poucos dias de começar as filmagens, o estúdio mudou de ideia e suspendeu a produção (que, àquela altura, já estava em estágio avançado). A ideia é começar as filmagens o mais rápido possível. Falta anunciar, apenas, quem será o diretor que irá assumir o filme - se será Frankel, que foi dispensado para dar lugar a Soderbergh, ou alguém novo.

Soderbergh liberou, recentemente, trailer de The Informant!, com Matt Damon, outro ator da franquia Onze Homens e um Segredo.