Morre Gloria Stuart, a Rose de Titanic

Atriz tinha 100 anos e sofria de câncer no pulmão

Da redação Publicado em 27/09/2010, às 16h25

Gloria Stuart, que fez a versão idosa de Rose, em Titanic, morreu aos 100 anos
AP

Morreu no último domingo, 26, a atriz Gloria Stuart, aos 100 anos. Ela ficou conhecida por ter dividido o papel de Rose com Kate Winslet no sucesso de bilheteria Titanic (1997), de James Cameron. O site do jornal The Washington Post informou nesta segunda, 27, que ela morreu em casa, na cidade de Los Angeles, Califórinia, de câncer no pulmão. A informação foi confirmada por Sylvia Thompson, filha da atriz.

Apesar do reconhecimento tardio por parte do grande público e crítica (com Titanic, Gloria conseguiu sua primeira indicação ao Oscar e diversos outros prêmios), a atriz teve muitos e variados papeis ao longo de sua carreira. Pouco antes de narrar a saga do casal Jack e Rose no filme de James Cameron, ela havia abandonado o cinema. Voltou à ativa quando Cameron lhe telefonou e pediu que fizesse teste para o papel. Na época, chegou a brincar, em entrevista ao jornal The New York Times, que só foi escolhida porque era uma das poucas atrizes com a sua idade que ainda era "viável para trabalhar, não era alcoólatra, reumática e não ficava caindo".

Alguns de seus outros papeis foram na ficção científica O Homem Invisível (1933), no musical A Pobre Menina Rica e no terror The Old Dark House, protagonizado por Boris Karloff. Após o fenômeno Titanic, o cinema a redescobriu e, de acordo com Gloria, foi convidada a fazer diversos papeis de "senhoras bondosas". Ela descartou todos, dando preferência aos personagens mais intensos, como uma mulher misteriosa em O Hotel de Um Milhão de Dólares (2000), de Wim Wenders.

Gloria Stuart foi ainda uma das fundadoras do Screen Actors Guild, o sindicato dos atores norte-americanos, e lançou uma autobiografia em 1999, intitulada I Just Kept Hoping.