Morre aos 52 anos John Berry, fundador do Beastie Boys

Foi Berry quem batizou o grupo com esse nome

Rolling Stone EUA Publicado em 20/05/2016, às 14h53 - Atualizado às 15h17

Beastie Boys - John Berry
Reprodução

Morreu aos 52 anos um dos fundadores do Beatie Boys, John Berry (o terceiro da esquerda para direita na foto acima, da contracapa do EP Polly Wog Stew).

O ex-membro do lendário grupo de hip-hop morreu na manhã da última quinta, 19, em Danvers, Massachusetts. De acordo com o que o pai dele, John Berry III, confirmou para a Rolling Stone EUA, Berry sofria de demência no lobo frontal e a condição dele havia piorado nos últimos meses.

Foi Berry quem deu à banda o nome de Beastie Boys quando os rapazes eram adolescentes. Ele estudou na Walden School, em Nova York, com Mike Diamond. O grupo se formou em julho de 1981, com Berry, Diamond Adam Yauch e Kate Schellenbach. Os primeiros shows do Beastie Boys aconteceram no apartamento de Berry.

Ele tocou no primeiro EP do Beastie Boys, Polly Wog Stew, gravado em novembro de 1982. Ele deixou o grupo em seguida e, no ano seguinte, Kate fez o mesmo. Adam Horovitz (Ad-Rock) substituiu os dois. Depois disso, Berry integrou vários outros grupos, como Even Worse, Big Fat Love, Highway Stars e Bourbon Deluxe.

Quando o Beastie Boys entrou para o Hall da Fama do Rock and Roll, em 2012, Horovitz leu um discurso de Adam Yauch, que morreu meses depois, aos 47 anos, de câncer. O discurso de Yauch mencionou a importância de John Berry. Assista abaixo.