Morre aos 60 anos Mark E. Smith, da banda de pós-punk The Fall

A causa da morte não foi revelada, mas no ano passado o grupo britânico cancelou uma turnê pelos Estados Unidos alegando que Smith sofria de “problemas médicos bizarros e raros”

Redação Publicado em 24/01/2018, às 18h52 - Atualizado às 19h04

Mark E. Smith à frente do The Fall durante show em 2015
Rex Features/AP

Morreu nesta quarta, 24, na Inglaterra, o músico Mark E. Smith, da banda de pós-punk The Fall. De acordo com um post no site oficial do grupo, ele morreu em casa. A causa, contudo, não foi revelada. Segundo o site Pitchfork, uma turnê que o The Fall faria pelos Estados Unidos no ano passado foi cancelada e a empresária da banda, Pamela Vander, justificou dizendo que Smith estava tratando de “problemas médicos bizarros e raros... conectados à garganta, boca, dentes e sistema respiratório dele”. Também em 2017, Smith chegou a se apresentar no Reino Unido usando uma cadeira de rodas.

Nascido em 1957 em Prestwich, perto de Manchester, Mark E. Smith sempre amou música e era fã de grupos como Black Sabbath. Aos 16 anos, conheceu Una Baines, com quem formaria o The Fall após assistir a um show do Sex Pistols, O EP de estreia do grupo, Bingo-Master’s Break Out!, saiu em 1978. De lá para cá, o grupo gravou mais de 30 discos, sem contar os outros muitos EPs, álbuns ao vivo e compilações que chegaram ao mercado. O trabalho mais recente saiu em 2017 e se chama New Facts Emerge.

Além do trabalho com a banda. Smith colaborou com Gorillaz, Elastica, e outros artistas. Há quase dez anos, ele lançou uma autobiografia chamada Renegade: The Gospel According to Mark E. Smith.