Morre aos 71 anos Dobie Gray, cantor de “Drift Away”

O artista do soul gravou esse sucesso radiofônico de 1973 que ganhou covers de Rod Stewart, Ray Charles, entre outros

Heather Muse Publicado em 07/12/2011, às 19h50 - Atualizado às 19h58

Dobie Gray
AP

O cantor de soul Dobie Gray, conhecido pelo sucesso de 1973 "Drift Away", morreu na última terça, 6, aos 71 anos. A informação foi divulgada pelo site oficial dele, mas a causa da morte não foi revelada.

Gray nasceu em 1940 em uma família de meeiros em Simonton, no Texas, e se mudou para a Califórnia no início da década de 60. Ele conheceu Sonny Bono, que à época era empresário e deu a Gray esse nome artístico, se inspirando na série de TV The Many Loves of Dobie Gillis. Seu nome de batismo já foi listado como Laurence Darrow Brown e Leonard Victor Ainsworth.

O primeiro single de Gray, "Look at Me", ganhou um cover dos Righteous Brothers e seu primeiro grande hit foi "The In-Crowd", de 1965. Ficou mais conhecido com "Drift Away", faixa que foi regravada por Rod Stewart, Ray Charles, Waylon Jennings e, mais recentemente, Uncle Kracker. A música era tão penetrante que até inspirou uma tirinha, que aparece na biografia de Gray em seu site oficial – ela faz referência a uma parte do refrão que é comumente entendida errada. Escutam "Gimme the Beach Boys and free my soul", quando a letra diz "Gimme the beat, boys".

Nos últimos anos, Gray continuou gravando e fazendo shows. Ele cantou o último verso no cover que o Uncle Kracker fez em 2003 de "Drift Away".