Morre aos 91 anos o cantor sertanejo Tinoco

O ex-integrante da dupla Tonico & Tinoco foi vítima de insuficiência respiratória

Redação Publicado em 04/05/2012, às 10h24 - Atualizado às 10h26

Tinoco
Reprodução

Morreu na madrugada desta sexta, 4, o cantor sertanejo Tinoco, que integrava a dupla Tonico & Tinoco. A informação foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Nascido José Peres, o músico de 91 anos estava internado no Hospital Municipal Ignácio de Proença de Gouvêa, no bairro da Mooca, onde foi vítima de insuficiência respiratória. O velório acontece nesta manhã no Cemitério da Quarta Parada, no Belém, e o enterro está marcado para 17h, no Cemitério da Vila Alpina.

O cantor estava escalado para subir ao palco este fim de semana como parte da programação da Virada Cultural. Ainda não foi anunciado se outra atração irá substituí-lo.

Tinoco, ao lado do irmão João Salvador Peres, formou a dupla Tonico & Tinoco, uma das mais respeitadas do sertanejo no país, na década de 30. A carreira teve início em quermesses do interior de São Paulo. Em 1941, eles se mudaram para a capital, onde formaram o trio Os Três Batutas do Sertão, ao lado de Raul Torres Florêncio. A grande guinada na carreira veio após chegarem à final de um concurso de calouros da Rádio Emissora de Piratininga.

Ao todo, a dupla gravou 83 discos. A carreira deles só foi terminar em 1994, com a morte de Tonico.