Morre a cantora de R&B Natalie Cole aos 65 anos

Filha de Nat “King” Cole e dona de nove prêmios Grammy foi vítima de insuficiência cardíaca

Redação Publicado em 01/01/2016, às 15h46 - Atualizado às 15h54

A cantora norte-americana Natalie Cole
Chris Pizzello/AP

A cantora de jazz e R&B Natalie Cole morreu aos 65 anos de idade, vítima de insuficiência cardíaca. A notícia foi dada nesta sexta-feira, 1º, pelo site norte-americano TMZ.

Retrospectiva 2015: artistas e personalidades que perdemos ao longo do ano.

Filha de Nat “King” Cole, Natalie há anos sofria com problemas de saúde. Segundo o site da revista Time, ela chegou a fazer um transplante de rim em 2009 e recentemente havia cancelado todos os shows e excursões até fevereiro devido à fragilidade da saúde.

A cantora também enfrentou problemas relacionados ao abuso de drogas e álcool – o que gerou uma doença hepática – ao longo dos anos. Natalie tinha doenças no fígado desde 2008 e foi submetida a quimioterapia para tratar de uma Hepatite C. Ela morreu no hospital que estava em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Veja as capas das 100 primeiras edições publicadas pela Rolling Stone Brasil.

Natalie Cole teve uma carreira recheada de hits nas paradas de sucesso norte-americanas, entre eles “Inseparable”, “Our Love” e “This Will Be (An Everlasting Love)”. Durante os anos, ela colecionou nove prêmios Grammy, entre eles o de Melhor Cantora de R&B e Álbum do Ano (Unforgettable With Love, em 1991). Na premiação do Grammy de 2013, ela fez um dueto virtual com o pai, Nat “King” Cole.

Natalie Cole foi casada três vezes ao longo da vida e deixa um filho.