Morre Ed Lauter, veterano ator de O Artista, aos 74 anos

Lauter tinha cinco décadas de carreira e morreu vitima de um raro tipo de câncer causado pela exposição a amianto

Redação Publicado em 17/10/2013, às 10h08 - Atualizado às 10h15

Ed Lauter
Evan Agostini/AP

O veterano ator Ed Lauter morreu nesta quarta-feira, 16, vitima de um tipo raro de câncer chamado mesotelioma, causado pela exposição a amianto. A informação foi confirmada pelo agente dele, Edward Lozzi, à agência Associated Press.

O Artista é o grande vencedor do Oscar 2012.

Lauter tinha 74 anos, sendo cinco décadas dedicadas à arte de atuar. Dono de um rosto bastante reconhecível e um sorriso angular, ele marcou presença em mais de 200 trabalhos, entre séries de TV e filmes.

De acordo com o USA Today, ele se divertia com o fato de ser facilmente reconhecido, ainda que não fosse absolutamente famoso. “Algumas vezes, as pessoas não sabiam o meu nome. Eles diziam: ali está ele! Ele estava em... Ele estava em...”.

Na TV, por exemplo, Lauter fez participações especiais em diversas séries de sucesso, como Arquivo X, ER, Charmed, Highlander, Star Trek: The Next Generation e The Office.

Já nas telonas, ele se fez marcar, como ele dizia, como um ator de “personagens que viram o jogo”, por curiosamente ser escalado para papeis que tinham este poder na trama, apesar de não serem protagonistas. Ele passou pelas lentes históricas de Alfred Hitchcock, no último filme do diretor, Trama Macabra, e, mais recentemente, apareceu em O Artista.

O ator viveu o guarda brutal que foi o adversário principal de Burt Reynolds no filme de 1974 "Golpe Baixo" e o frentista do último filme de Alfred Hitchcock, "Trama Macabra". Em "Desejo de Matar 3" ele foi um policial que se unia a Charles Bronson para limpar as ruas de Nova York de criminosos.

Mais recentemente, ele interpretou o mordomo no vencedor do Oscar de 2011 "O Artista", além de estar em "Curvas da Vida" ao lado de Clint Eastwood e em "Nascido em 4 de Julho" com Tom Cruise em 1989. Suas aparições na TV incluem "Plantão Médico", "Assassinato por Escrito" e "The Rockford Files".

Criado em Long Beach, em Nova York, Lauter era filho de Sally Lee, uma atriz e dançarina da Broadway da década de 20. Ele foi casado quatro vezes e tinha quatro filhos.