Morre Gladys Horton, do Marvelettes

Cantora e ex-líder do grupo, dono do hit "Please Mr. Postman", tinha 66 anos

Da redação Publicado em 27/01/2011, às 20h52

Gladys Horton, das Marvelettes (a terceira da esquerda para a direita), morreu aos 66 anos
Reprodução

Gladys Horton, cantora soul cofundadora das Marvelettes, importante grupo feminino que integrou o time de artistas da Motown, morreu nesta quarta, 26, em Los Angeles, aos 66 anos. As informações são da agência internacional de notícias Reuters.

O comunicado à imprensa foi enviado pelo filho da cantora, Vaughn Thornton. De acordo com ele, Horton morreu em um asilo no qual estava morando desde que sofreu um derrame no ano passado. "Minha mãe morreu em paz", disse. "Lutou enquanto pôde." De acordo com o Daily News, a artista estava também se recuperando de um pneumonia, mas a causa da morte não foi divulgada.

Horton formou o grupo quando ainda estava no colegial, em Detroit, nomeado The Casinyets (versão abreviada de "can't sing yet", algo como "ainda não consigo cantar", em português), que chamou a atenção de Berry Gordy, da Motown. Mais para frente o nome foi alterado para Marvelettes. Gladys Horton deixou o grupo em 1967.

"Please Mr. Postman", gravada quando ela tinha apenas 17 anos, se tornou o primeiro grande hit da lendária gravadora, ocupando o posto de número 1 na parada Hot 100, da Billboard, quando foi lançado no ano de 1961. Entre os outros sucessos, estão "Playboy", "Beechwood 4-5789", "Too Many Fish In the Sea" e "Danger: Heartbreak Dead Ahead".