Morre Gypie Mayo, guitarrista de Dr. Feelgood e Yardbirds

Músico de 62 anos substituiu Wilko Johnson no Dr. Feelgood de 1977 e 1981, antes de ir trabalhar com os Yardbirds

Redação Publicado em 23/10/2013, às 16h48 - Atualizado às 17h01

Gypie Mayo
Reprodução / Facebook

Responsável pelas linhas de guitarra de bandas como Dr. Feelgood e Yardbirds, o músico Gypie Mayo morreu aos 62 anos, com data e causa da morte incerta. A informação foi divulgada pelo amigo e músico Wilko Johson no Facebook.

Entrevista Jimmy Page: o líder do Led Zeppelin avalia a trajetória épica da banda com o final repentino e trágico – e a sombra que isso ainda projeta sobre a vida dele.

“Descanse em paz”, escreveu ele, nesta quarta-feira, 23. Johnson foi substituído por Mayo no Dr. Feelgood. Já o baterista da banda, Kevin Morris, informou que “ele estava doente por muito tempo”. “Na última vez que o encontrei, ele mantinha o grande senso de humor”, disse ao Bath Chronicle ;

O guitarrista, cujo nome real é John Phillip Cawthra, começou a trabalhar cedo, como trabalhador em uma gráfica. A música, contudo, estava presente desde os 11 anos. Depois de passar por um grande número de bandas, ele substituiu Johnson no Dr. Feelgood.

Durante os quatro anos com a banda, o grupo passou pelo período de maior sucesso comercial, chegando ao top 10 inglês com “Milk and Alcohol”, composto em parceria com Nick Lowe.

Após sair do Feelgood, o músico fez show solo e deu aula de guitarras até se juntar ao Yardbirds, banda com a qual ele tocou entre os anos 1996 e 2004.