Morre Michael Bond, criador do ursinho Paddington, aos 91 anos

O autor renomado, que morreu em sua casa após uma breve doença, escreveu mais de 20 livros sobre o urso que viajava o mundo

Rolling Stone EUA Publicado em 28/06/2017, às 12h56 - Atualizado às 13h54

Michael Bond, criador do ursinho Paddington
AP

Michael Bond, criador do ursinho Paddington, popular personagem da literatura infantil, morreu aos 91 anos. A editora dele, HarperCollins, anunciou que Bond, que escreveu mais de 20 livros sobre o urso que viajava o mundo, morreu na última terça, 27, na casa dele em Londres, Inglaterra, após sofrer de uma “breve doença”, segundo a Associated Press.

Bond introduziu o urso no livro de 1958 chamado Um Urso Chamado Paddington. Para o personagem, o autor se inspirou em um urso de pelúcia que viu em uma loja perto da estação de trem na véspera de Natal e que comprou de presente para a esposa dele.

Bond continuou a publicar livros da série, que vendeu mais de 35 milhões de cópias ao redor do mundo, ao longo da vida dele. O amado personagem também estrelou uma adaptação para o cinema, a animação As Aventuras de Paddington, que estreou em 2014 e tem uma sequência planejada para este ano.

A filha de Bond, Karel Jankel, falou ao The Guardian que o legado do pai dela “viverá para sempre” através da escrita dele.

“É um choque para todo mundo”, ela disse. “Para mim, ele foi o pai mais incrível que você pode imaginar, então obviamente a nossa perda é pessoal. Mas é maravilhoso que ele tenha deixado os livros dele como legado… O próprio Paddington é tão real para todos nós – ele ainda é parte de nossa família, e nós somos muito sortudos.”

Bond nasceu em Newbury, Berkshire, na Inglaterra, em 1926. Ele começou a carreira de escritor enquanto servia no exército em 1945, após conseguir vender um conto. Ele trabalhou brevemente como câmera na televisão para a BBC, enquanto continuou a vender contos e peças. Após o sucesso do primeiro livro de Paddington, ele se dedicou à escrita integralmente.

Além das obras com Paddington como personagem central, as criações de Bond incluem outra série de livros infantil, Olga da Polga, baseada no porquinho da índia da família dele, e uma saga de mistério, Monsieur Pamplemousse, entre outros títulos.

Bond deixa a esposa, Sue; os filhos Karen e Anthony; e quatro netos.