Morre o músico britânico Smiley Culture

A morte do cantor aconteceu durante uma batida policial no sul da Inglaterra e está sendo investigada

Da redação Publicado em 16/03/2011, às 14h13

A capa do disco Tongue in Cheek, de Smiley Culture, que morreu aos 48 anos
Reprodução

A agência Reuters informou na última terça, 15, que Smiley Culture, músico britânico de reggae, morreu, aos 48 anos, durante uma batida policial realizada no sul da Inglaterra.

Por causa das circustâncias suspeitas de sua morte, um órgão chamado IPCC (Independent Police Complaints Commission, ou Comissão Independente de Reclamações da Polícia, em tradução livre), que faz o papel de corregedoria policial no Reino Unido, está investigando o caso.

Por meio de um comunicado, o IPCC declarou que a polícia foi chamada em uma casa localizada em Warlingham, Surrey, para prender alguém e, enquanto estavam lá, "acredita-se que um homem foi ferido com uma faca e morreu no lugar". Um membro do IPCC, Mike Franklin, explicou que será analisado "o planejamento feito para que acontecesse essa prisão, a forma como ela foi executada e as ações de todos os policiais presentes no momento do incidente".

A nota ainda informa que um outro comunicado da polícia esclarece que a batida fazia parte de uma operação que estava em andamento.

Fontes do jornal britânico Metro revelaram que o artista pediu para tomar uma xícara de chá antes de ser levado à delegacia para ser interrogado. Ao entrar na cozinha de casa, ele teria se esfaqueado. De acordo com o site da BBC, o músico seria julgado na próxima semana - ele era acusado de conspiração para vender cocaína.

Smiley Culture, cujo nome verdadeiro era David Victor Emmanuel, lançou dois álbuns em sua carreira, ambos em 1986: Tongue in Cheek e The Original Smiley Culture. Vale lembrar que um de seus grandes sucessos foi a música "Police Officer" (1984), que fala exatamente sobre a polícia. Na letra, ele discorre sobre sentir-se injustiçado por ela. Seu outro single mais conhecido se chama "Cockney Translation".

Ouça as duas músicas abaixo: