Morre o pianista e compositor Richard Rodney Bennett aos 76 anos

Músico inglês foi indicado ao Oscar de Melhor Trilha Sonora em três ocasiões

Redação Publicado em 28/12/2012, às 16h57 - Atualizado às 17h20

Richard Rodney Bennett
Reprodução / Katie Vandyck / Chester Novello

Morreu no último dia 24, em Nova York, o pianista Richard Rodney Bennett, segundo noticiou o The Telegraph. Compositor e arranjador inglês, Bennett tinha 76 anos, sendo a grande maioria dedicados à música. A notícia foi confirmada oficialmente somente nesta sexta, 28.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Nascido em Broadstairs em 29 de março de 1936 como o mais novo de três irmãos, foi por meio da mãe, Joan, uma pianista premiada e cantora, que ele se interessou por música.

Um dos mais respeitados músicos do Reino Unido, Bennett tinha sua versatilidade como grande arma, passeando por gêneros populares, eruditos, jazz, até chegar às trilhas de cinema e televisão.

Na telona, chegou perto de levar a estatueta do Oscar em três oportunidades, com as trilhas de Longe da Multidão, de 1967, Nicolau e Alexandra, 1971, e Assassinato no Expresso Oriente, 1974.

A obra de Bennett é volumosa, reunindo mais de 200 peças para concerto e 50 trilhas, envolvendo cinema e TV. Ele costumava acompanhar a cantora inglesa Clare Martin em suas apresentações.