Morre Terry Pratchett, autor da série Discworld, aos 66 anos

Escritor sofria do mal de Alzheimer, doença degenerativa que afeta a memória

Redação Publicado em 12/03/2015, às 13h30 - Atualizado às 13h54

Terry Pratchet
Reprodução/Facebook

Morreu nesta quinta, 12, Terry Pratchett, autor da série Discworld. O britânico tinha 66 anos e lutava contra o mal de Alzheimer. O escritor foi diagnosticado precocemente, uma manifestação rara da doença.

As melhores e piores adaptações de livros para o cinema

A franquia Discworld, lançada em 1983, vendeu mais de 65 milhões de exemplares no mundo todo. Larry Finlay, publisher do autor, descreveu Pratchett como “uma das pessoas mais brilhantes, uma das mentes mais afiadas". Segundo comunicado divulgado pela editora Transworld, "Terry faleceu em casa, com o gato dormindo na cama dele e cercado pela família. Ele lutou contra uma doença progressiva com determinação e criatividade, e continuou a escrever".

O enredo da famosa saga narra as histórias passadas em Discworld, um mundo plano posicionado nas costas de quatro elefantes, que, por sua vez, vivem sobre o casco de uma tartaruga gigante. O autor explorava o universo de mitos e folclores do mundo para criar as narrativas. Pratchett também colaborou com autores mais novos como Neil Gailman, da série Sandman.

O escritor deixou a esposa Lyn e a filha Rhianna.