Morre Tim Wright, baixista de bandas como Pere Ubu e DNA

Músico ajudou a cultivar o movimento punk no fim da década de 70

Redação Publicado em 07/08/2013, às 13h37 - Atualizado às 14h37

Tim Wright
Reprodução / Facebook

Tim Wright (centro), baixista e pioneiro do punk com bandas como Pere Ubu e DNA, morreu no último domingo, 4, informou o antigo companheiro de grupo David Thomas no Facebook. Não há informações sobre a causa da morte ou a idade do músico.

De pioneiro do punk a ídolo da garotada, João Gordo explica como consegue se reinventar.

Tim foi integrante fundador do Pere Ubu em 1975 e tocou com a banda nos primeiros singles, incluindo “30 Seconds Over Tokyo” e “Final Solution”. Ele também aparece em algumas canções do The Modern Dance, disco de estreia do Pere Ubu, em 1978.

Naquele ano, ele se mudou para Nova York, onde conheceu a banda de no-wave DNA e se juntou a Arto Lindsay e companhia – tarde demais, contudo, para participar da coletânea de canções do gênero compilada por Brian Eno.

O som da banda DNA mudou quando Wright se juntou a eles – ele tocava baixo, enquanto o precursor dele no grupo era tecladista – e o trio influenciou uma série de bandas punk e roqueiros underground, incluindo o Sonic Youth.

Wright foi integrante do DNA até o fim do grupo, em 1982. Ele trabalhou com Eno e David Byrne no disco My Life in the Bush of Ghosts. Antes de morrer, ainda compunha e trabalhava como músico e técnico de turnês.