Morrissey homenageia Jean Charles durante show

"Nós nunca esqueceremos", disse o cantor, no aniversário de quatro anos da morte do brasileiro, tomado por terrorista pela polícia britânica

Da redação Publicado em 23/07/2009, às 10h18

Jean Charles de Menezes, o brasileiro morto pela polícia britânica há quatro anos, foi homenageado por Morrissey na noite de quarta, 22, em show na O2 Brixton Academy, em Londres, informou o site da revista NME. O eletricista mineiro vivia na capital inglesa há três anos quando foi confundido com terrorista pela força policial, sendo alvejado dentro da estação de metrô de Stockwell, no dia 22 de julho de 2005.

"Jean Charles de Menezes, nós nunca esqueceremos, nós nunca esqueceremos", declarou o ex-frontman do The Smiths, antes de cantar "Irish Blood, English Heart".

Parte do álbum You Are the Quarry, lançado por Morrissey em 2004, a faixa é tomada como uma das mais políticas na carreira do britânico de 50 anos. Há, na letra, críticas aos partidos trabalhista e conservador do Reino Unido. O título - "sangue irlandês, coração inglês", em português - faz menção às raízes mistas do músico. Integrada ao Reino Unido, a Irlanda do Norte é foco de conflitos entre católicos (nacionalistas) e protestantes (pró-Reino Unido). O grupo Ira é um dos que lutam, muitas vezes por meios terroristas, pela reanexação do território à República da Irlanda.

A história de Jean Charles foi levada ao cinema recentemente, em coprodução Brasil-Inglaterra. O imigrante foi interpretado por Selton Mello, sob direção de Henrique Goldman. Fernando Meirelles, que recentemente pilotou a minissérie global Som e Fúria, manifestou em maio vontade de produzir série sobre o mineiro no mesmo canal.