Morrissey viaja para a Inglaterra para se tratar, mas produtora garante shows no Brasil

T4F confirma que, após infecção alimentar, músico inglês preferiu receber os cuidados do médico particular

Redação Publicado em 11/07/2013, às 12h59 - Atualizado às 13h21

2010

Discutindo a crueldade contra animais na China, Morrissey diz ao The Guardian: “Você não tem escolha a não ser pensar que os chineses são uma subespécie”.
AP

Morrissey voltou para a Inglaterra para se tratar de uma infecção alimentar diretamente com o médico particular. A produtora Time 4 Fun, responsável pela vinda de Moz ao país, confirmou à Rolling Stone Brasil que o músico retornou ao Reino Unido, mas garante que ele voltará a tempo de se apresentar em solo brasileiro.

Os 15 insultos mais polêmicos de Morrissey.

A informação da produtora desmente a notícia que se espalhou através do Consequence of Sound, que alega que todas as 14 apresentações do músico inglês na América Latina – incluindo os três shows no Brasil – seriam canceladas.

Com isso, Morrissey retorna ao Brasil para os shows em São Paulo (Credicard Hall, 30 de julho), Brasília (Espaço Iguatemi, 2 de agosto) e Rio de Janeiro (CitiBank Hall, 4 de agosto).

Tudo começou porque a produtora peruana Punto Ticket anunciou que o ex-líder do The Smiths não poderia se apresentar nas datas marcadas em Lima, capital do Peru, nas últimas terça, 9, e quarta-feira, 10, por conta da intoxicação alimentar.

“Os concertos agendados para a América Latina em julho e agosto deverão ser adiados para os próximos meses do ano. As novas datas serão divulgadas em breve”, divulgou a Punto Ticket na ocasião.

A T4F, contudo, confirma os shows e garante que os ingressos ainda estão à venda.

A saúde de Morrissey tem causado preocupação nos médicos e isso pode ter resultado na preferência dele em voltar a Inglaterra para tratar da recente intoxicação.

Somente em 2013, o músico teve uma pneumonia dupla, uma úlcera hemorrágica e síndrome de Barrett (caracterizada por uma mudança nas células do esôfago). Esses problemas fizeram com que ele cancelasse uma série de shows nos Estados Unidos no início do ano.