Musical com integrantes do Sex Pistols, Incubus, Destiny’s Child e ‘NSync é cancelado

Jesus Christ Superstar Arena Spectacular Tour estrearia em junho e passaria por grandes arenas dos Estados Unidos

Rolling Stone EUA Publicado em 31/05/2014, às 12h56 - Atualizado às 13h03

Ben Forster, John Rotten Lydon, JC Chasez, Michelle Williams e  Brandon Boyd
Evan Agostini/AP

A produção Jesus Christ Superstar, estrelada por Johnny Rotten (Sex Pistols) e Brandon Boyd (Incubus), foi abruptamente cancelada. De acordo com o The New York Times, a empresa S2BN, responsável pela produção, anunciou na última sexta-feira, 30, que todos aqueles que compraram ingressos para o Jesus Christ Superstar Arena Spectacular Tour receberiam reembolso.

Arquivo RS: Cara a Cara com o Sex Pistols.

Rotten (também conhecido como John Lydon) havia sido contratado para interpretar o rei Herodes na ópera rock escrita por Andrew Lloyd Webber e Tim Rice. O elenco também trazia Michelle Williams (do Destiny's Child, como Maria Madalena), Boyd (Judas), JC Chasez (do ‘NSync, como Pontius Pilatus) e Ben Forster (Jesus). Eles ensaiavam em Nova Orleans, nos Estados Unidos, e as performances iriam começar no dia 9 de junho, nos Estados Unidos. A turnê incluía apresentações em grandes arenas como o Staples Center, de Los Angeles, e Madison Square Garden, de Nova York.

Em entrevista à Rolling Stone EUA, logo após o anúncio da produção, em abril deste ano, Boyd disse estar animado em fazer parte da produção. “Cresci ouvindo os clássicos de Andrew Lloyd Webber e nunca imaginei que estaria atuando em um”, disse ele. Assim como outros integrantes do elenco, o músico usou o Twitter para confirmar o acontecido. “Fui demitido de Jesus Christ Superstar hoje. Assim como o resto do elenco. Estamos todos tristes”, escreveu ele. “É verdade, a turnê foi cancelada.”