Musical do Homem-Aranha sai da Broadway em janeiro

O problemático Spider-Man: Turn Off the Dark não estava mais dando lucro e segue agora para Las Vegas

Redação Publicado em 19/11/2013, às 12h16 - Atualizado às 13h21

Julie Taymor
AP

Spider-Man: Turn Off the Dark, o problemático musical da Broadway sobre o personagem Homem-Aranha, sairá da Broadway, em Nova York, em janeiro. Em seguida, iniciará uma temporada em Las Vegas, conforme foi anunciado.

Trata-se do espetáculo mais caro da história da Broadway, tendo ultrapassado os US$ 70 milhões. Quando estreou, em 2010, o musical foi notícia por causa de uma série de questões negativas. A estreia chegou a ser adiada diversas vezes; a diretora inicial, Julie Taymor (foto), foi demitida após alguns meses e um acidente feriu um dos integrantes do elenco. Depois de demitida, Taymor entrou na justiça contra a produção e o caso só foi solucionado recentemente.

Quando se acertou, o musical, com faixas compostas por Bono e The Edge, do U2, virou um sucesso de bilheteria, arrecadando mais de US$ 1 milhão por semana, em algumas ocasiões, de acordo com o jornal Wall Street Journal. Mas recentemente a peça parou de dar lucro e acabou cancelada.

“Estamos animados de anunciar que o próximo destino de Spider-Man será a capital mundial do entretenimento: Las Vegas”, declarou Rick Miramontez, porta-voz do espetáculo, à agência Reuters.