Nick Mason, do Pink Floyd: "É nossa última chance de lançar material físico"

Em entrevista a blog de jornal britânico, baterista falou sobre a reedição do catálogo da banda e reafirmou o desejo por uma reunião

Da redação Publicado em 01/07/2011, às 17h52

Nick Mason gostaria de uma reunião com o Pink Floyd, mas acredita que ela não irá acontecer
AP

Eterno apaziguador de tensões dentro do Pink Floyd, o baterista Nick Mason cedeu entrevista ao blog Speakeasy, do jornal britânico Wall Street Journal, e falou sobre os relançamentos em edições de luxo dos discos de estúdio da banda, promovida pela EMI em uma empreitada de marketing chamada Why Pink Floyd...? (saiba mais aqui).

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil - na íntegra e gratuitamente!

Para Mason, será a última chance de a banda poder lançar material inédito - as reedições são repletas de extras - em formato físico. "Estou tentado a dizer que será a última chance de lançar material físico. Discos físicos estão quase acabados. Em dois anos, o mercado será muito pequeno", acredita o músico.

Sobre um eventual retorno aos palcos com os remanescentes da formação original do Pink Floyd, David Gilmour e Roger Waters, Mason foi enfático: "Não, não mesmo. Eu vivo de esperança. Alguém talvez consiga convencer Roger ou David". Mason continuou, dizendo que ele está sempre de malas prontas caso suja a oportunidade de uma reunião, mas que o problema é que "Roger quer completa independência e David não quer que lhe digam o que fazer".

Alguns fãs sortudos tiveram a chance de ver os três no palco juntos em um show em maio, em Londres. A reunião isolada aconteceu em um show da turnê The Wall, que Roger Waters comanda atualmente. Saiba mais aqui.

Roger Waters no Brasil

O ex-baixista e vocalista do Pink Floyd trará a turnê The Wall a Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro, em março de 2012. Saiba mais aqui.