Pulse

Noname pode desistir da música: "Não quero dançar no palco para pessoas brancas"

A rapper usou o Twitter para falar do descontentamento com a indústria musical

Redação Publicado em 02/12/2019, às 17h08

None
Noname no Coachella 2018 (Foto: Amy Harris/AP Images)

A rapper Noname compartilhou as frustrações dela em uma série de tuítes na conta oficial na rede social na última quinta, 28 de novembro. A também produtora revelou que está desapontada com a indústria musical por tocar “predominantemente para multidões brancas” e sugeriu que planeja se aposentar - possivelmente logo após o lançamento do disco, Factory Baby.

"Para ser sincera com vocês, meu coração não está mais nisso [música]", escreveu a cantora na quinta 28 de novembro. Em outro tuíte, completou: "A relação entre" artista "e" fã "é realmente doentia. Vocês gostam do que vocês gostam e odeiam o que vocês odeiam. E eu não quero estar de nenhum lado."

+++LEIA MAIS: Rap nacional ofusca os diamantes de Quavo, do Migos, com confiança e autenticidade no Festival Cena [ANÁLISE]

Embora o tuíte original foi excluído pela cantora, Noname falou mais uma vez sobre como sente que a arte dela tem sido consumida pelo público em novos tuítes na sexta, 29 de novembro.

Após declarar que não continuaria após Factory Baby - cujos detalhes foram publicados e depois excluídos pela cantora - um tuíte revelou que ela deve se apresentar apenas em duas datas reservadas: "Não quero dançar em um palco para pessoas brancas.". O futuro da rapper na música parece incerto. 

+++LEIA MAIS: Kevin o Chris é o artista brasileiro mais ouvido no Spotify: "A favela venceu"

Mais tarde, todos os tuítes sobre o assunto foram apagados por Noname. Além das afirmações acima, um outro dizia: "Me recuso em continuar fazendo música e colocando na internet de graça para pessoas que não me apoiam".

Factory Baby tem previsão de estreia para 2020.


+++ TRÊS DICAS PARA NÃO SER UM 'SACO DE VACILO', POR HOT E OREIA