Novo de Zé do Caixão chega aos cinemas nesta sexta, 8

Encarnação do Demônio fecha trilogia do mestre brasileiro do terror; filme levou quase quatro décadas para ser produzido

Da redação Publicado em 07/08/2008, às 09h13 - Atualizado às 23h54

O diretor José Mojica Marins, na pele de Zé do Caixão: filme que encerra a trilogia levou quatro décadas para chegar às telas

Ver Galeria
(15 imagens)

Estréia nesta sexta-feira, 8, o filme Encarnação do Demônio, que encerra a trilogia de horror criada por José Mojica Marins.

Produzido por Paulo Sacramento e dirigido por Mojica, O filme mostra a continuação da busca do coveiro Zé do Caixão pela "mulher superior", capaz de gerar seu filho perfeito. Preso durante quarenta anos por maldades realizadas nas fitas anteriores (À Meia Noite Levarei Sua Alma, de 1964, e Esta Noite Encarnarei Teu Cadáver, de 1967), Josefel Zanatas, seu nome verdadeiro, sai da cadeia e se instala em uma favela, onde segue testando as candidatas ao "cargo".

Para comemorar o lançamento do filme, a editora Conrad está lançando a HQ Prontuário 666, que mostra os anos em que Zé do Caixão ficou preso. 

Encarnação do Demônio foi o grande vencedor do I Festival Paulínia de Cinema. Levou sete prêmios, incluindo os de melhor filme, melhor fotografia e melhor trilha sonora.