Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Flashback

O dia em que Rebecca Ferguson mandou ex-colega de elenco famoso 'se fo***'

A atriz Rebecca Ferguson, no entanto, não revelou em qual filme ou quem era a pessoa que teve atitudes tóxicas durante filmagens

Rebecca Ferguson (Foto: Gareth Cattermole/Getty Images)
Rebecca Ferguson (Foto: Gareth Cattermole/Getty Images)

Uma das estrelas de Duna 2, que estreia na próxima quinta, 29, nos cinemas brasileiros, Rebecca Ferguson relembrou uma história bastante tensa, na qual ela trabalhou com um famoso(a) colega de elenco que tinha atitudes tóxicas - e a atriz mandou essa pessoa "se fo***."

Durante entrevista ao podcast Reign with Josh Smith, Ferguson relatou esse caso pela primeira vez, e descreveu a pessoa como "absoluto idiota," que "gritou" com ela e a levou às lágrimas. Na conversa, ela até chegou a ficar tensa ao relembrar da situação.

+++LEIA MAIS: Rebecca Ferguson: Os 5 melhores filmes da carreira da atriz; Duna, Missão Impossível e mais [LISTA]

Vale destacar como a atriz garantiu que a pessoa misteriosa não é Hugh Jackman ou Tom Cruise, dois grandes atores com os quais ela trabalhou. "Lembro que houve um momento e esse ser humano estava tão inseguro e com raiva porque essa pessoa não conseguia transmitir as cenas," afirmou.

E acho que estava tão vulnerável e desconfortável que gritou comigo. Mas como essa pessoa era a número um na lista de chamadas, não havia rede de segurança para mim. Então ninguém me protegeu. E eu chorava saindo do set.

Em seguida, Rebecca Ferguson alegou como essa pessoa raivosa gritava frases como "você se considera ator?" e "É com isso que tenho que trabalhar?" Inconformada com o tratamento, ela pediu para o ator/atriz "sair do meu set."

+++LEIA MAIS: Duna: Por que Rebecca Ferguson quase recusou papel em filme de Denis Villeneuve?

"Olhei para essa pessoa e disse: ‘Você pode se fo***. Vou trabalhar para conseguir uma bola de tênis. Nunca mais quero ver você,'" continuou. "E então lembro que os produtores apareceram e disseram: 'Você não pode fazer isso com o número um. Precisamos deixar essa pessoa estar no set.'" Para resolver a situação, Ferguson, para não interagir com a pessoa, atuou olhando para a nuca dela.