One Direction se destaca no VMA 2012

O grupo levou o prêmio nas três categorias artísticas em que competia; veja aqui a lista completa de ganhadores

Redação Publicado em 06/09/2012, às 23h30 - Atualizado em 07/09/2012, às 00h38

o grupo inglês One Direction foi o destaque da festa do VMA 2012

Ver Galeria
(6 imagens)

A premiação foi equilibrada, mas dá para dizer que o ano foi dos britânicos do One Direction no VMA. A boy band levou os três prêmios a que concorria. Rihanna, a líder de indicações (contando as categorias artísticas, premiadas na noite desta quinta, 6, e as profissionais), ficou com o astronauta de prata mais importante da noite, de Vídeo do Ano. Veja a galeria de fotos ao lado.

A festa comandada pelo ator e comediante Kevin Hart começou já no tapete vermelho. Como é tradição, o primeiro número musical acontece ainda lá, antes do início oficial da premiação no Staples Center de Los Angeles. A atração escolhida para este ano foi Demi Lovato, que interpretou “Give Your Heart a Break”. Logo antes, ela venceu o primeiro prêmio da noite, o de Melhor Vídeo com Mensagem por “Skyscraper”, entregue também ainda do lado de fora, assim como os de Vídeo de Música Eletrônica, entregue a Calvin Harris (“Feel So Close”) e Vídeo Mais Compartilhado, que foi para o One Direction (“What Makes You Beautiful”) – a categoria, uma novidade, é baseada na quantidade de compartilhamento dos fãs nas redes sociais.

A porção indoors da noite começou com uma performance de Rihanna, ao lado de A$ap Rock e do DJ da casa Calvin Harris, de “We Found Love” e “Cockiness (Love It)”. A artista de Barbados cantou do meio do público, vestida de vermelho da cabeça aos pés. Em seguida, Hart fez piada com casos recentes e polêmicos, como a briga de bar entre Drake e Chris Brown e o término do namoro de Kristen Stewart e Robert Pattinson. Não foi nada de tão grave, mas gerou um certo mal estar.

Na volta do intervalo, Pink, uma veterana dos VMAs, que já fez de tudo, até cantar literalmente de cabeça para baixo, caprichou mais uma vez. O destaque foi a performance de “Blow Me (One Last Kiss)”. A apresentação seguinte foi de Frank Ocean com “Thinking About You”, em um cenário cheio de mato e com uma fogueira queimando ao fundo, lembrando um acampamento.

Já o One Direction fez o show mais clean da noite. Tudo que precisou foi que os meninos ídolos teen subissem ao palco, cumprimentassem os fãs e cantassem para eles “One Thing” e o Staples Center foi totalmente tomado por gritos. 2 Chainz e Lil Wayne fizeram uma apresentação cheia de energia e luzes no bloco seguinte. Wayne chegou ao palco de skate no meio da primeira música e cantou de bermuda amarela e sem camisa.

A premiação emendou com esse bloco hip-hop a presença do hit da web do momento, o sul-coreano Psy, que mostrou a sua já mundialmente famosa “Gangnam Style”. Mas ficou decepcionado quem esperava a música toda. A adição de última hora fez sua famosa dança durante a introdução do faixa-sucesso e já deixou o palco para que a premiação continuasse com a performance explosiva do Green Day. Com Billie Joe Armstrong tá totalmente recuperado da virose que foi notícia essa semana, os roqueiros tocaram de um espaço separado para eles no meio da pista, com direito a público invadindo e tudo. Eles, que são a segunda atração com mais milhagem no palco do VMA (perdendo apenas para a Madonna), tocaram a nova “Let Yourself Go”. Antes do fim do bloco, as imagens do telão homenagearam Adam Yauch, fundador dos Beastie Boys que morreu em maio.

Um dos momentos mais aguardados foi a exibição do último trailer de A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2. Taylor Lautner, que já havia sido mostrado na plateia, subiu ao palco acompanhado de algumas pessoas. Entre elas – surpresa! – Robert Pattinson, que não era esperado por causa de todo o escândalo de sua separação de Kristen Stewart.

As atletas norte-americanas da ginástica olímpica, bem ensaiadas, mas um pouco perdidas, apresentaram a aguardada performance de Alicia Keys, que cantou uma música nova, “Girl on Fire”. A performance contou com a participação surpresa de Nicki Minaj – já era sabido que Minaj cantaria com alguém, mas não tinha sido divulgado com quem. Gabby Douglas, uma das ginastas, voltou ao palco durante a canção para mostrar um pouco de suas habilidades no esporte que a tornou famosa.

O prêmio mais importante, de Vídeo do Ano, foi apresentado por Hart, que com pouca cerimônia entregou o prêmio para Rihanna (por “We Found Love”). Ela fez um discurso curto e doce e, antes de Hart passar a bola para Taylor Swift encerrar, ele fez um apelo aos jovens para que eles votem nas eleições presidenciais deste ano, nos Estados Unidos, onde o voto não é obrigatório. Vale lembrar que o VMA 2012 foi adiantado uma hora para não concorrer com o discurso em que Barack Obama aceita oficialmente sua indicação dos democratas como candidato à reeleição.

A performance de Taylor Swift teve uma pegada bastante teen. Colorida, performática e pesando mais em coreografia do que em cantar em si. A faixa escolhida, “We Are Never Ever Getting Back Together” é uma típica canção feita para o ex – e de forma raivosa. Dizem as más línguas que foi composta para o ator Jake Gyllenhaal. Curiosamente, outro ex dela, Taylor Lautner, estava na plateia e ganhou um close durante a execução dessa faixa, que levou Taylor ao universo mais adolescente de sua carreira e casou bem com uma premiação que primou por seu conteúdo voltado a esse público (com trailer de Crepúsculo, o destaque para boy bands etc). Infelizmente, Taylor continua não dando muita sorte com VMAs. Depois que Kanye West interrompeu seu discurso, há alguns anos, em um dos casos mais famosos da televisão ao vivo, desta vez foi o sinal da MTV que não queria deixá-la terminar - caiu por temporariamente bem durante o show dela de encerramento.

Veja a lista dos concorrentes nas principais categorias, as artísticas. Os vencedores estão em destaque.

Vídeo do Ano

Katy Perry – “Wide Awake”

Gotye – “Somebody That I Used To Know”

Rihanna – “We Found Love”

Drake com Rihanna – “Take Care”

M.I.A. – “Bad Girls”

Melhor Vídeo de Artista Masculino

Justin Bieber – “Boyfriend”

Frank Ocean – “Swim Good”

Drake com Rihanna – “Take Care”

Chris Brown – “Turn Up the Music”

Usher – “Climax”

Melhor Vídeo de Artista Feminino

Rihanna – “We Found Love”

Katy Perry – “Part of Me”

Beyoncé – “Love on Top”

Nicki Minaj – “Starships”

Selena Gomez & The Scene – “Love You Like a Love Song”

Melhor Vídeo Pop

One Direction – “What Makes You Beautiful”

Fun. com Janelle Monae – “We Are Young”

Rihanna – “We Found Love”

Justin Bieber – “Boyfriend”

Maroon 5 com Wiz Khalifa – “Payphone”

Melhor Vídeo de Rock

Coldplay – “Paradise”

The Black Keys – “Lonely Boy”

Linkin Park – “Burn It Down”

Jack White – “Sixteen Saltines”

Imagine Dragons – “It's Time”

Melhor Vídeo de Dance

Duck Sauce – “Big Bad Wolf”

Calvin Harris – “Feel So Close”

Skrillex – “First of the Year (Equinox)”

Martin Solveig – “The Night Out”

Avicii – “Le7els”

Melhor Artista Revelação

Fun. com Janelle Monae – “We Are Young”

Carly Rae Jepsen – “Call Me Maybe”

Frank Ocean – “Swim Good”

One Direction – “What Makes You Beautiful”

The Wanted – “Glad You Came”

Melhor Vídeo de Hip-hop

Childish Gambino – “Heartbeat”

Drake com Lil Wayne – “HYFR”

Kanye West com Pusha T, Big Sean e 2 Chainz – “Mercy”

Watch the Throne – “Paris”

Nicki Minaj com 2 Chainz – “Beez in the Trap”

Melhor Vídeo com Mensagem

Demi Lovato – “Skyscraper”

Rise Against – “Ballad of Hollis Brown”

Kelly Clarkson – “Dark Side”

Gym Class Heroes – “The Fighter”

K'Naan feat. Nelly Furtado – “Is Anybody Out There?”

Lil Wayne – “How to Love”