Orquestra Sinfônica Brasileira desenvolve projeto para incentivar crianças a aprender música

O programa educacional é realizado em parceria com a lendária sala de espetáculos norte-americana Carnegie Hall

Redação Publicado em 09/04/2016, às 11h17

O programa educacional "Orquestra em Movimento" promete beneficiar cerca de duas mil crianças da rede pública e de escolas privadas do Rio de Janeiro.
Reprodução

Para incentivar o aprendizado musical de crianças, a Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira, em parceria com a sala de espetáculos de Nova York Carnegie Hall, traz para o Brasil o projeto Link Up.

Idealizado pelo Weill Music Institute (instituto educacional do Carnegie Hall), a OSB (foto) desenvolveu a versão brasileira da proposta, intitulada A Orquestra em Movimento. Em sua fase inicial, o programa ajudará na educação musical de aproximadamente duas mil crianças do Rio de Janeiro.

Já tendo beneficiado, somente nos Estados Unidos, cerca de 300 mil crianças entre 2014 e 2015, o Link Up também já foi realizado em países como Japão, Espanha e Canadá. No Brasil, o projeto oferecerá programas voltados ao ensino de flauta doce e canto para os alunos do Ensino Fundamental tanto da rede pública quanto de escolas particulares.

O Brasil é o primeiro país da América Latina a adotar a ideia. Ao final das aulas, os alunos se apresentarão junto à Orquestra Sinfônica Brasileira e seu coro infantil no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O concerto será conduzido pelo maestro assistente Lee Mills e ainda contará com a participação dos bailarinos do teatro.