Os Goonies pode ganhar sequência, diz roteirista

O diretor Richard Donner contatou ator para discutir sequência do cult de 1985, afirmou Chris Columbus

Da redação Publicado em 01/07/2009, às 18h03

Não é de hoje que se escuta falar de uma sequência para Os Goonies, produzido por Steven Spielberg e lançado em 1985. Mas agora a fonte é o próprio roteirista do filme, Chris Columbus. Ele contou ao site Sci Fi Wire ter recebido o aviso de que Richard Donner, diretor do cult dos anos 80, estaria reunindo o elenco do filme.

Algumas das hoje ex-crianças no elenco de Goonies foram Josh Brolin (intérprete de George W. Bush na cinebiografia de Oliver Stone e convocado para o próximo projeto de Woody Allen) e Sean Astin (o hobbit Sam na franquia O Senhor dos Anéis).

Columbus dirigiu Harry Potter e a Pedra Filosofal e Harry Potter e a Câmara Secreta, os dois primeiros filmes do bruxo criado por J. K. Rowling. Atualmente, ele toca a produção Percy Jackson & the Olympians: The Lightning Thief, que conta com um ex-Goonie no cast, Joe Pantoliano (os papéis principais ficarão a cargo de Rosario Dawson, Pierce Brosnan, Uma Thurman e Chaterine Keener).

"[Pantoliano] disse que Richard Donner falou com ele seis meses atrás sobre a sequência", disse Columbus. "Acho que a única forma de fazer isso acontecer é se as crianças forem agora pais, e seus filhos se transformarem no Goonies."

Para o cineasta, o filme depende da capacidade de Donner em não deixar a história caducar no século 21. "Ainda acho que os dois irmãos [Mikey e Brand Walsh, interpretados por Astin e Brolin, respectivamente] estão bem e vivos, então eles poderiam estar no filme. Então, é uma questão de conseguir ou não recriar o conceito."

O filme de 1985 foca em um grupo de crianças que tenta reverter a demolição do conjunto de prédios em que vive. Para isso, contam com um mapa do tesouro, que poderá levá-los até cavernas subterrâneas à procura de uma suposta fortuna de piratas.

"Não sei mais se isso é possível", Columbus refletiu. "Talvez se todos os pais no novo Goonies proibirem seus filhos de entrar na internet; esse teria de ser o enredo. Você não pode ir a lugar algum sem computador ou celular. Acho que as aventuras teriam de ser online."

Mas a aura cool de Goonies ainda persiste, mesmo jogados 24 anos de seu lançamento. Quem garante é Columbus, que diz testemunhar a ascensão de uma nova base de fãs no set de seu filme, por exemplo. "A maioria dos jovens de 20, 23 anos com quem eu trabalho - particularmente em Percy Jackson - tem este amor pelos anos 80, esta obsessão com os anos 80. Eles estão realmente convencidos de que os anos 80 são esta época mágica."