Para Graham Coxon, guitarrista do Blur, Kanye West é um idiota

Em recente entrevista, o músico também questionou a obra do rapper

Redação Publicado em 31/07/2015, às 13h52 - Atualizado às 15h01

Graham Coxon e Damon Albarn, do Blur

Ver Galeria
(2 imagens)

Graham Coxon, guitarrista do Blur, classificou Kanye West como um “idiota” em recente entrevista ao The Guardian. “Ele é um grande idiota, certo?”, disse Coxon, que ainda questionou: “Ele faz os próprios discos?”.

Galeria: as melhores canções de britpop segundo os leitores da Rolling Stone EUA.

O músico ainda lamentou o atual cenário musical. “As pessoas não estão interessadas em aprender a tocar instrumentos e se dedicar a isso. Eles querem algo imediato. É como no McDonalds, não é? É conveniente”, explicou o músico.

Crítica: Blur – The Magic Whip.

Ele ainda admitiu não se impressionar com trabalhos parecidos com o de Kanye West: “Tudo o que ouço é algo repetitivo, uma batida, alguém cantando ou rimando. Não há forma nessas coias. E as letras parecem ser idiotas”, completou o artista.

Sobre The Magic Whip

O novo disco do Blur, The Magic Whip, é o primeiro da banda em 12 anos e chegou às lojas em 28 de abril. O trabalho anterior do grupo, Think Tank, foi lançado em 2003. Este é, ainda, o primeiro CD do grupo com o guitarrista Graham Coxon desde 13, de 1999.

Sobras das sessões de The Magic Whip renderiam novo disco, diz baixista.

As gravações aconteceram nos estúdios Avon, em Hong Kong, ao longo de cinco dias, logo depois da turnê Spring 2013 ter sido cancelada. “Não tínhamos muito (equipamento). Foi como nos tempos em que começamos a gravar nossas primeiras coisas”, disse Damon Albarn no anúncio do álbum.

A cidade de Hong Kong serviu como inspiração para trabalho, o que pode ser visto, por exemplo, nas duas palavras que estampam a capa (acima) do disco, “Blur” e “The Magic Whip”, em letras do alfabeto chinês. O anúncio, aliás, foi feito justamente no Ano Novo chinês.