Para Morrissey, não há diferença entre comer carne e pedofilia

Músico inglês fez a comparação durante um bate-papo virtual com fãs

Redação Publicado em 06/01/2014, às 12h20 - Atualizado às 12h54

Galeria - 10 melhores covers de 2013 - Abre
Divulgação/Stephen Solon

Morrissey aproveitou uma série de perguntas e respostas com fãs para propagar ainda mais a sua ideia de vegetarianismo. A mais nova afirmação do ex-vocalista do Smiths foi de que comer carne é como pedofilia.

Galeria: 14 passagens reveladoras da autobiografia de Morrissey.

“Ambos são estupro, violência e assassinato. Se eu conheço alguém que come outros seres vivos, eu saio fora”, disse o músico. “Não vejo diferença entre comer animais e pedofilia.”

A frase foi publicada no site True to You, promovido por fãs e o mais próximo que existe de uma página oficial de Morrissey na internet.

Retrospectiva: o entretenimento em 2013.

Ao ser questionado sobre qual pergunta ele sempre quis responder e nunca o fizeram, Morrissey criticou a imprensa – principalmente a britânica – e ainda afirmou que “cai em inconsciência permanente” a cada vez que precisa responder sobre o Smiths.

Voltando ao vegetarianismo, Morrissey afirmou que qualquer um que assistir a um vídeo que mostra o processo de abate para a produção de carne se tornará vegetariano na mesma hora. “Se não afetá-lo, então você provavelmente é feito de granito”, afirmou o músico.

Dez músicas da carreira solo de Morrissey que você precisa ouvir.

“Imagine, por exemplo, se você está em uma boate e alguém diz para você: ‘Olá, eu gosto de derramamento de sangue e da destruição da vida’. Bom, eu duvido que você vá querer dar seu número de telefone a ele”, continuou o músico.

Ícones do post-punk e new wave, entre eles Morrissey, se tornam super-heróis.