Paris Jackson tomou 20 analgésicos e cortou o braço, confirma gravação; ouça

A filha de 15 anos de Michael Jackson tentou suicídio no último dia 5

redação Publicado em 12/06/2013, às 08h37 - Atualizado às 08h51

Paris Jackson
AP

A gravação da conversa entre os socorristas que foram chamados para atender Paris Jackson após uma tentativa de suicídio foi revelada. A filha de 15 anos de Michael Jackson tomou 20 analgésicos (Motrin, vendido sem receita médica) e cortou o braço com uma faca de cozinha no dia 5 de junho, conforme foi confirmado pelo áudio da gravação divulgada pelo Departamento dos Bombeiros do Condado de Los Angeles e reproduzida pelo jornal New York Daily News. Durante um minuto de conversa entre o departamento de polícia e o de bombeiros, é dito que a jovem estava consciente e respirando. Ouça abaixo.

O caso aconteceu na casa da família Jackson em Calabasas, na Califórnia. Depois disso, um juiz pediu uma investigação sobre a "saúde, educação e bem-estar" de Paris e a mãe dela, Debbie Rowe, estaria favorável, segundo o TMZ, à ideia de ficar com a guarda da adolescente, hoje compartilhada pela mãe e um sobrinho de Michael. A família do falecido cantor não estaria disposta a aceitar isso.