Paul Banks adota pseudônimo em seu primeiro álbum solo

Vocalista do Interpol aparece como Julian Plenti no disco Skyscraper; lançamento está previsto para agosto, nos EUA

Da redação Publicado em 06/05/2009, às 19h02

Há onze anos se apresentando à frente do Interpol, o vocalista Paul Banks agora irá despontar no mercado musical como artista solo, informou o site da revista Billboard. A estreia do projeto está marcada para agosto, nos Estados Unidos, com o disco Skyscraper, em que Banks atua sob o pseudônimo Julian Plenti.

O "disfarce" é antigo: há muito tempo Banks usa o nome para assinar composições próprias. Algumas delas, feitas há dez anos, estarão no setlist do disco. Outras, gravadas recentemente, trazem semelhanças com o som do Interpol, informa o veículo.

O blog da Matador Records - mesma gravadora responsável pelo Interpol -, divulgou nesta terça-feira, 5, uma foto em que Banks aparece próximo a uma faixa com o nome Skyscraper - o nome Julian Plenti é mostrado logo atrás do músico.

O vocalista, que também anda ocupado preparando o material do próximo disco do Interpol (sucessor de Out Love To Admire, de 2007), incluiu algumas prévias das músicas de seu projeto solo no site Julianplenti.com.

Em 2005, o nome Julian Plenti apareceu nos créditos de um remix da música "Narc", do Interpol (Antics, de 2004).