Paul McCartney e Rolling Stones fazem homenagens a Allen Toussaint

Cantor e compositor norte-americano morreu na última segunda, 9, aos 77 anos

Redação Publicado em 12/11/2015, às 15h36 - Atualizado às 18h48

Paul McCartney e Allen Toussaint durante as sessões de gravação do disco Venus and Mars, do Wings
Reprodução/Instagram

Verdadeiro ícone da música negra norte-americana, o cantor e compositor Allen Toussaint morreu na última segunda-feira, 9, aos 77 anos de idade. Durante a semana, diversos artistas e personalidades prestaram homenagens nas redes sociais ao influente músico.

Mitos de celebridades: histórias que viraram lendas da cultura pop.

Entre eles estão os Rolling Stones, Paul McCartney, Dr. John, Lenny Kravitz, Harry Connick Jr., Billy Bragg e Questlove. Alguns fizeram depoimentos mais longos e emocionados, enquanto outros se limitaram a postar uma foto ou frase para Toussaint.

Ao compartilhar uma imagem dele com o pianista, Paul McCartney escreveu: “Triste por saber que Allen Toussaint morreu depois de um show na Espanha. Tendo trabalhado com ele em Nova Orleans pude conhecer a pessoa gentil e doce que ele era, além de ter um grande talento como compositor, com canções como ‘Fortune Teller’, ‘Southern Nights’, ‘Working in the Coal Mine’ e ‘Play Something Sweet (Brickyard Blues)’.”

Allen Toussaint cantou “Lady Madonna” no tribute a Paul McCartney The Art of McCartney.

O ex-beatle ainda continuou a postagem no Instagram, dizendo que “As músicas dele serão apreciadas por pessoas como eu, que terão memórias carinhosas de Allen Toussaint para sempre”. McCartney concluiu a mensagem desejando as “mais profundas condolências e amor à família dele por mim e minha família.”

Veja abaixo.

Paul on Allen Toussaint: "Sorry to hear that Allen Toussaint died after a concert in Spain. Having worked with him in New Orleans I know what a sweet and gentle guy he was and a massive songwriting talent with songs like ‘Fortune Teller’, ‘Southern Nights’, 'Working in the Coal Mine' and 'Play Something Sweet (Brickyard Blues)'. His songs will be cherished by people like me who will have fond memories of Allen forever. Deepest sympathies and love to his family from me and my family." - Paul ___ Photo of Paul and Allen in New Orleans during the sessions for the album Venus and Mars #PaulMcCartney #AllenToussaint

A photo posted by Paul McCartney (@paulmccartney) on

Incluído no Hall da Fama do Rock and Roll em 1998 e homenageado recentemente pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, Toussaint tem no currículo participações com artistas como Dr. John, Paul McCartney e Joe Cocker.

O filho da cena de Nova Orleans ainda foi regravado em versões de Rolling Stones, The Who, Jerry Garcia, The Doors e Ringo Starr. Entre seus sucessos estão "Ruler of My Heart", "Working in the Coal Mine", "Ride Your Pony", "Fortune Teller", "Southern Nights", "Get Out of My Life, Woman", "Sneaking Sally Through the Alley" e "Mother-in-Law."

Seis músicos – e uma banda – de apoio lendários do rock.

“Sua maior contribuição esteve em não deixar as velhas tradições do R&B morrerem, acompanhando o rápido desenvolvimento do soul e do funk. Além disso, ele trouxe o som de Nova Orleans para um estágio nacional, som que se mantém uma parte vital e contínua da herança musical até hoje”, escreveu o Hall da Fama do Rock and Roll na época da introdução de Toussaint no prestigiado grupo.

Toussaint aproveitou os últimos anos de vida ajudando a revitalizar sua cidade-natal, onde tocava com frequência. “Quando Nova Orleans foi abatida pelo Katrina e Allen foi forçado a evacuá-la, ele fez algo ainda mais importante para a cidade: ele voltou”, disse Barack Obama ao lhe conceder em 2012 a National Medal of Arts, maior condecoração entregue a artistas norte-americanos. “Desde então, Allen entregou seu talento para o renascimento e a construção da cidade.”