Peter Hook tocará álbum de estreia do Joy Division na íntegra em show

Unknown Pleasures, de 1979, será executado em homenagem aos 30 anos da morte de Ian Curtis

Da redação Publicado em 05/04/2010, às 16h00

Peter Hook irá tocar ao vivo, na íntegra, Unknown Pleasures, álbum de estreia do Joy Division. A ideia é prestar uma homenagem aos 30 anos da morte do vocalista Ian Curtis, que serão completados no dia 18 de maio. A informação é do semanário britânico NME.

O ex-baixista da banda, que junto aos também integrantes Bernard Sumner e Stephen Morris formou o New Order após o suicídio de Curtis, contará com a presença de outros convidados. O show será realizado na FAC 251, casa noturna que fica no lugar onde funcionaram os escritórios da lendária gravadora Factory, em Manchester. O local pertence a Peter Hook.

Antes do evento, o músico vai promover uma turnê pelo Reino Unido. No novo show, intitulado An Evening of Unknown Pleasures, ele irá exibir imagens inéditas do New Order e do Joy Division, além de falar ao público sobre as bandas e a The Haçienda, casa noturna financiada pela Factory e pelos integrantes do New Order (o lugar foi fechado no final dos anos 90). A maratona terá início em 11 de abril, em Birmingham.

Unknown Pleasures foi lançado pela banda pós-punk em 1979, e conta com faixas como "She's Lost Control" e "Shadowplay". Ian Curtis, o frontman do Joy Division, se suicidou em 1980, pouco antes de completar 24 anos de idade.