Pixies não trabalha em novo material

Frank Black afirma que a banda não está "ativa em termos de qualquer coisa nova"; anteriormente, vocalista havia mostrado interesse em disco de inéditas em parceria com cineasta

Da redação Publicado em 25/07/2009, às 16h38

Apesar de estarem firmes em turnê pela Europa, os integrantes do Pixies não estão tendo o mesmo sucesso da estrada nos estúdios. O vocalista da banda, Frank Black, contou ao site MusicRadar que está "no escuro" em termos de novo material.

"Não há nada, de verdade, a dizer sobre esse departamento", afirmou o cantor em podcast no site (ouça aqui). "Estamos ativos até o ponto em que o nosso velho repertório for afetado. Não estamos ativos em termos de qualquer coisa nova."

Reunida desde 2004, após mais de dez anos separada, a banda não lança um álbum de inéditas desde 1991, ano de estreia de Trompe Le Monde. Desde a volta aos palcos, o grupo apareceu apenas com uma novidade: a faixa "Bam Thwok", disponibilizada para download.

Em junho deste ano, a banda havia anunciado que tinha a intenção de gravar um disco com a participação de um diretor de cinema.

"Nesse estágio do jogo, não estamos tentando reinterpretar a música. Estamos mais replicando os discos e replicando certas expectativas do que tirando troços disso", explicou. Para reforçar a tese do músico, o grupo começará em outubro uma turnê de comemoração dos 20 anos de lançamento do álbum Doolittle. Nos shows, o grupo irá tocar todas as faixas do disco, incluindo os lados B.

Além dos compromissos com os Pixies, Black também esteve envolvido no tributo ao cantor e compositor norte-americano Mark Mulcahy. O vocalista interpretou a música "Bill Jocko" no disco que traz ainda contribuições de Thom Yorke, Michael Stipe, The National, Dinosaur Jr. e outros.