Prince faz arrastão de sucessos durante passagem pela Suécia

A turnê do artista, que vem ao Brasil no fim deste mês para uma apresentação única no Rio, passou pelo festival Way Out West, em Gotemburgo

Por Paulo Terron Publicado em 16/08/2011, às 13h45

Prince durante show no Way Out West

Ver Galeria
(2 imagens)

Encerrando um dia que teve apresentações explosivas de The Hives, Janelle Monáe e Robyn, Prince estava completamente confortável com o posto de principal atração do festival Way Out West, em Gotemburgo, na Suécia, no último sábado, 13.

Tão confortável que nem se importava em deixar isso bem claro: ao encarar um medley de sete canções (com pedaços de "When Doves Cry", "Sign O' The Times" e "Hot Thing"), já no meio do show, lançou um lacônico: "São tantos hits...". Tantos sucessos e algumas décadas que parecem não ter passado: aos 53 anos, Prince não aparenta ter envelhecido nem um pouco - e se a aparência física não é o suficiente para deixar isso claro, ele faz questão de reforçar a ideia com danças e até alguns espacates.

São mesmo. A noite - iluminada por uma lua cheia e, na hora em Prince estava tocando, uma chuva de meteoros - foi aberta com "1999", no palco cheio de plataformas e, no canto direito, o piano púrpura do astro norte-americano. A performance foi tão intensa que a faixa nem parecia estar à beira dos 30 anos, continuando apontada para o futuro.

Na sequência, sem grandes pausas, vieram "Little Red Corvette", "Push & Pull" e "I Like It There". Depois de fazer a plateia cantar várias vezes, no tradicional truque de dividir o coro entre homens e mulheres, o músico se deu por satisfeito. "Ninguém faz como o Prince...", provocou.

O grande momento da apresentação, claro, veio com "Purple Rain". Mostrada em sua versão mais lenta (Prince já tocou versões mais pesadas nesta mesma turnê), a música foi reforçada por canhões que fizeram chover papel púrpura no parque Slottsskogen.

Durante "Cool", em um raro momento de concessão, Prince convocou uma de suas backing vocals para um número. "Gosto de música antiga e boa. Por que você não canta uma pra gente?" Para a surpresa da plateia, veio uma breve versão de "Don't Stop 'Til You Get Enough", clássico do inimigo declarado do cantor, Michael Jackson - só interrompida por uma citação a "Freaks on This Side".

Durante "If I Was Your Girlfriend" foram convocados fãs para dançar no palco e, no meio da confusão, um rosto conhecido pegou o microfone para soltar breves e tímidas rimas: era Kanye West, principal atração do dia seguinte no evento sueco. A entrada foi tão discreta que Prince só pareceu notá-la muito depois, apresentando o rapper só quando ele já não estava mais à vista.

O único momento de estranhamento entre a plateia e o artista foi durante um discurso sobre como o mundo seria melhor se "todos rezássemos juntos", que levou parte do público a vaiá-lo. Mas não foi nada que "Kiss", "Nothing Compares 2 U" e uma cover de "Play That Funky Music" não pudessem apagar rapidamente.

Prince fará show no festival Back2Black, no Rio de Janeiro, no próximo dia 27 de agosto. Na mesma noite se apresentam Chaka Khan e Oumou Sangaré.

O set list completo do show na Suécia:

"1999"

"Little Red Corvette"

"Push & Pull"

"I Like It There"

"Let's Go Crazy"

"Delirious"

"Let's Go Crazy" (trecho)

"She's Always In My Hair"

"Purple Rain"

"Take Me With U"

"Raspberry Beret"

"Cream"

"Cool" / "Don't Stop 'Til You Get Enough" / "Freaks On This Side"

"Nothing Compares 2 U"

Medley de samples, com vocal sendo cantado ao vivo: "When Doves Cry" / "Nasty Girl" (instrumental) / "Sign O' The Times" / "777-9311" / "Hot Thing" / "(Like) Funky Music" / "I Would Die 4 U"

"If I Was Your Girlfriend" (com Kanye West)

"Kiss"

"Something In The Water (Does Not Compute)"

"D.M.S.R."

"Pop Life" / "Scrapple From The Apple"

"Musicology" (instrumental)

"Play That Funky Music"

"Controversy"