Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Processo

Produtores de Velozes e Furiosos 9 são multados no Reino Unido

Produção feriu a ei de Saúde e Segurança no Trabalho do Reino em relação a um caso de 2019

Vin Diesel em Velozes e Furiosos (Foto: Reprodução)
Vin Diesel em Velozes e Furiosos (Foto: Reprodução)

Os produtores de Velozes e Furiosos 9(2019), o nono filme da franquia, foram multados em US$ 1 milhão, após um dublê que trabalhava na produção sofrer ferimentos definitivos. A FF9 Pictures Limited, subsidiária da Universal Pictures se declarou culpada pela violação da Lei de Saúde e Segurança no Trabalho do Reino Unido na última semana.

O processo foi movido contra a produção em 2019, quando o dublê Joe Watts ficou gravemente ferido após uma manobra mal sucedida. Ele caiu de uma altura de  7,5 metros em uma superfície de concreto. Watts sofreu uma fratura no crânio e um traumatismo cranioencefálico. Uma investigação definiu que um fio do colete de acrobacias do dublê se soltou.

+++LEIA MAIS: Vin Diesel barrou participação de Jean-Claude Van Damme em Velozes e Furiosos

“Os ferimentos do Sr. Watts mudaram sua vida e ele poderia facilmente ter morrido”, disse a inspetora de HSE Roxanne Barker. “No trabalho de dublê, não se trata de prevenir uma queda, mas de minimizar o risco de lesão.”

Atualmente, Watts processa a FF9 por danos pessoais e pede US$ 1,2 milhão. Com filmes como Han Solo: Uma História Star Wars (2018) e Pokémon: Detetive Pikachu(2019), o dublê “não poderá retornar ao emprego anterior ao acidente”. Acrescenta: “Se ele puder trabalhar, sofrerá uma desvantagem permanente no mercado de trabalho”.

+++LEIA MAIS: Velozes e Furiosos: Vin Diesel revelou a data de estreia do 11º filme