Público do Metal Open Air sofre com problemas de infraestrutura e cancelamento de bandas

“Fizemos tudo como estava previsto, mas os fornecedores não cumpriram com os prazos informados", disse o organizador Natanael Júnior

Redação Publicado em 20/04/2012, às 15h27 - Atualizado às 16h44

Venom
Divulgação

Atualizado às 16h44

O festival Metal Open Air, previsto para ter início nesta sexta, 20, em São Luís do Maranhão, se transformou em uma sucessão de problemas de infraestrutura e cancelamentos de bandas, como os internacionais Venom (foto) e Saxon, além dos grupos brasileiros Hangar, Headhunter DC, Stress e Terra Prima. Quase todas justificaram suas ausências com o mesmo motivo: nenhuma informação a respeito de passagens aéreas, visto ou hospedagem.

Segundo comunicado da banda Venom, os vistos necessários pela banda para entrar no país "foram parar na África". "Fizemos tudo como estava previsto, mas os fornecedores não cumpriram com os prazos informados", justificou o organizador Natanael Júnior ao G1. "Sabemos de todas as exigências e, inclusive, já estamos trabalhando para garantir aos fãs o que foi anunciado.”

Ratos de Porão pode ser a próxima baixa no festival, já que o vocalista João Gordo manifestou irritação no Twitter a respeito da desorganização do festival. "Uma coisa é certa: não podemos ir a um lugar tão longe sem nossas passagens de volta para casa em nome do metal", desabafou o músico. "Nossa manager deu o prazo de duas horas para as passagens estarem em pungas se não já era. Tosqueira da porra, isso só queima o filme local."

O blog Collector's Room, que acompanha de perto o desenrolar da situação do festival, informou que estábulos de cavalos estão sendo usados como cantinas e restaurantes para o público, que acampa em locais semelhantes que tem um claro odor de fezes de animais. Outros relatos informam que a organização entrou em atrito com uma produtora responsável por ceder o equipamento de som e agora o Metal Open Air busca bandas de micareta dos arredores para solucionar o problema.

O ator Charlie Sheen, escalado como mestre de cerimônias do festival, ainda não teve seu paradeiro divulgado.

Atualização: Expose Your Hate, Unearthly, Obskure e Shadowside também cancelaram suas apresentações no festival.