Ratt faz sua estreia brasileira no Monsters of Rock

O grupo fez um show com tudo que tinha direito, mas em alguns momentos ficou claro que a performance estava à sombra da expectativa por Aerosmith e Whitesnake

Stella Rodrigues Publicado em 20/10/2013, às 21h43 - Atualizado em 27/10/2013, às 10h42

Banda de muito sucesso da cena heavy metal oitentista, o californiano Ratt estava em dívida com os brasileiros.

Ver Galeria
(2 imagens)

Banda de muito sucesso da cena heavy metal oitentista, o californiano Ratt estava em dívida com os brasileiros. Prestes a completar 30 anos de existência (a data vem marcada pelo lançamento de Out of the Cellar, de 1984), o grupo nunca havia realizado um show em solo nacional para mostrar hits como “Nobody Rides for Free” e “Round and Round”.

Galeria: Cinco hits do festival Monsters of Rock.

“Wanted Man”, “I'm Insane”, “In Your Direction”, “ You Think You're Tough” e “Way Cool Jr.” também fizeram parte do show.

Saiba como foi o primeiro dia do Monsters of Rock.

Stephen Pearcy e seus companheiros de banda talvez fossem a atração que mais remeteu à década dos cabeludos, em termos de presença e sonoridade– o que é uma coisa extremamente positiva em um festival como esse. Além disso, demonstraram carisma, animação e equilibraram direitinho os hits saudosistas dentro do setlist, o que garantiu ótimos momentos e explosões de alegria localizadas, dentre a plateia que conhecia bem a banda. Mas o silêncio da maior parte das pessoas diante de boa porção das músicas – que ecoaram em volume alto demais das caixas de som – deixou claro que aquele era apenas um esquenta para o Whitesnake e o Aerosmith, também duas bandas que marcaram muito os anos 80, mas que construíram um relacionamento bastante sólido com um público amplo no Brasil.

Leia nos links abaixo a cobertura completa do Monsters of Rock 2013.