Sacha Baron Cohen pode ser impedido de ir ao Oscar

Academia teme que o ator possa comparecer à premiação fantasiado de seu personagem no filme O Ditador

Rolling Stone EUA Publicado em 23/02/2012, às 15h00 - Atualizado às 15h28

Sacha Baron Cohen
AP

O comediante britânico Sacha Baron Cohen pode ser impedido de comparecer à 84ª Premiação do Oscar pela Academia, mesmo sendo um membro dela e uma das estrelas do filme A Invenção de Hugo Cabret, indicado a 11 prêmios da cerimônia. Cohen planejou ir à festa trajado do personagem que dá título ao seu próximo filme, O Ditador.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

"A não ser que tenhamos certeza de que nada aconteça no tapete vermelho, a Academia não admitirá Sacha Baron Cohen na festa", disse um represente da Paramount, mesmo estúdio de A Invenção de Hugo Cabret, ao site Deadline. Se Cohen concordar com esses termos, suas entradas não seram confiscadas.

A Academia desaprova atores que façam alusão aos seus projetos futuros no Oscar; quando os apresentadores são introduzidos, nenhuma menção a seus próximos trabalhos é feita. Fontes sugerem que a Paramount está alimentando a controvérsia ao dizer que não pode controlar sua estrela, que interpreta um ditador tirânico no filme.

"Esperamos que todos os estúdios saibam que isso é uma má ideia", um representante do Oscar disse ao Deadline. "O tapete vermelho não é para se promover."

"Adoraríamos ter Sacha Baron Cohen na premiação", disse um porta-voz da Academia à CNN nesta manhã de quinta, 23. "Temos expressado [para Cohen] que não gostamos que nosso tapete vermelho seja usado para fazer promoção. Estamos esperando o que ele tem a dizer. Está em suas mãos."