Sai lista de vencedores de Sundance

Frozen River, da estreante Courtney Hunt, é o grande vencedor

Da redação Publicado em 28/01/2008, às 16h06 - Atualizado às 16h31

Cena do filme Frozen River, de Courtney Hurt
Reprodução

A organização do Festival de Cinema de Sundance, nos EUA, divulgou nesta segunda-feira, 28, os filmes vencedores da edição deste ano. Frozen River, escrito e dirigido pela estreante estadunidense Courtney Hunt, abocanhou o grande prêmio do júri.

Na categoria Cinema mundial, o júri de Sundance premiou o sueco King of Ping Pong, sobre um obeso adolescente de 16 anos que é constantemente perturbado por seus colegas de escola, menos quando está mostrando seu talento na mesa de pingue-pongue. A direção ficou por conta de Jens Jonsson. O filme ainda faturou o prêmio de Melhor fotografia do cinema mundial.

Veja a lista dos vencedores.

Grande prêmio do júri - ficção:

Frozen River, de Courtney Hunt

Grande prêmio do júri - documentário:

Trouble the Water, de Tia Lessin e Carl Deal

Prêmio do júri de cinema mundial - ficção:

King of Ping Pong (Ping Pongkingen, Suécia), de Jens Jonsson

Prêmio do júri de cinema mundial - documentário:

Man on Wire (Reino Unido), de James Marsh

Melhor direção - ficção:

Lance Hammer, por Ballast

Melhor direção - documentário:

Nanette Burstein, por American Teen

Melhor direção de cinema mundial - ficção:

Anna Melikyan, por Mermaid (Rusalka, Rússia)

Melhor direção de cinema mundial - documentário:

Nino Kirtadze, por Durakovo: Village of Fools (Durakovo: Le Village des Fous, França)

Prêmio do público - ficção:

The Wackness, de Jonathan Levine

Prêmio do público - documentário:

Fields of Fuel, de Josh Tickell

Prêmio do público de cinema mundial - ficção:

Captain Abu Raed (Jordânia), de Amin Matalqa

Prêmio do público de cinema mundial - documentário:

Man on Wire

Prêmio Waldo Salt de melhor roteiro:

Alex Rivera e David Riker, por Sleep Dealer

Melhor roteiro de cinema mundial:

Samuel Benchetrit, por I always Wanted to be a Gangster (J'ai Toujours Rêvé d'Être un Gangster, França)

Melhor montagem - documentário:

Joe Bini, por Roman Polanski: Wanted and Desired

Melhor montagem de cinema mundial - documentário:

Irena Dol, por The Art Star and the Sudanese Twins (Nova Zelândia)

Melhor fotografia - ficção:

Lol Crawley, por Ballast

Melhor fotografia - documentário:

Phillip Hunt e Steven Sebring, por Patti Smith: Dream of Life

Melhor fotografia de cinema mundial - ficção:

Askild Vik Edvardsen, por King of Ping Pong

Melhor fotografia de cinema mundial - documentário:

Mahmoud al Massad, por Recycle (Jordânia)

Prêmio especial do júri de cinema mundial - ficção:

Ernesto Contreras, por Blue Eyelids (Párpados Azules, México)

Prêmio especial do júri - documentário:

Lisa F. Jackson, por Greatest Silence: Rape in the Congo

Prêmio especial do júri "Espírito da Independência" - ficção:

Chusy Haney-Jardine, por Anywhere, USA

Prêmio especial do júri para melhor elenco - ficção:

Choke