Sai primeira imagem de Mickey Rourke em Homem de Ferro 2

O vilão Chicote Negro, interpretado pelo ator, pode não ser 100% fiel à HQ, afirmou o diretor Jon Favreau

Da redação Publicado em 10/06/2009, às 11h51

As primeiras imagens de Mickey Rourke como o vilão Whiplash (Chicote Negro, no Brasil) em Homem de Ferro 2 foram reveladas na terça, 9, no jornal USA Today. A mesma publicação já havia divulgado, no início de maio, imagens inéditas do segundo filme da franquia baseada no herói dos quadrinhos da Marvel.

Algumas horas antes, o diretor do filme, Jon Favreau, havia alertado aos fãs sobre a novidade, via Twitter.

Rourke aparece na foto com uma armadura similar à usada pelo herói interpretado por Robert Downey Jr., em cena no Grande Prêmio de Mônaco. Favreau concordou que a observação não é mera coincidência. "As tecnologias são definitivamente relacionadas. Isso faz parte da trama central do filme."

Mas o russo Ivan Vanko, alter ego de Chicote Negro, foi além e customizou a armadura. Entre as inovações, há, por exemplo, um par de chicotes, recarregados a partir de uma bateria central na veste. O "brinquedinho" terá efeito sobre o Homem de Ferro.

Na HQ da Marvel, o vilão é um designer de armas que trabalha para Justin Hammer (no filme, interpretado por Sam Rockwell). Mas o cineasta prefere manter mistério sobre a versão cinematográfica, que não necessariamente será fiel à história original. "Gostamos de jogar a favor e contra as expectativas que as pessoas possam ter, então misturamos um pouco as coisas", disse Favreau.

O diretor afirmou ter optado por Rourke, atualmente nos cinemas em Killshot - Tiro Certeiro, após assistir à sua performance em Sin City e O Lutador, os dois filmes que deram uma guinada na carreira do ator. "Era vital que o vilão fosse tão convincente quanto possível. Depois de pensar em Mickey para o papel, pude entender como iria moldar a história."

O filme, sequência da produção que faturou US$ 318,4 milhões (R$ 618 mi) nas bilheterias norte-americanas, tem estreia prevista no Brasil para 30 de abril de 2010.