Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Controverso

Série com Nicole Kidman gravada em Hong Kong não está disponível na região

'Expats', estrelada e co-produzida por Nicole Kidman, foi gravada em Hong Kong, mas não está disponível no território

Redação Publicado em 01/02/2024, às 10h38

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
'Expats' (Foto: Divulgação)
'Expats' (Foto: Divulgação)

Gravada em Hong Kong, Expats estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto e foi lançada no Prime Video na última semana. A série estrelada e co-produzida por Nicole Kidman, porém, não está disponível na região.

O Prime Video foi contatado pela Variety e preferiu não fazer comentários. Já um porta-voz do governo de Hong Kong afirmou: "Não temos comentários sobre os tratos operacionais de empresas individuais". Logo, a razão para que a série não seja exibida no lugar permanece incerta.

A série é uma adaptação do romance The Expatriates (1998), de Janice Y.K. Lee, e acompanha três mulheres americanas vivendo em Hong Kong, em meio a questões de classe e privilégios. Lulu Wang, diretora do projeto, foi muito criticada em 2021, quando uma foto das filmagens foi divulgada, por focar em um grupo minoritário de imigrantes ricas e pela suposta indiferença sobre o contexto político vivido pelo território.

Após receber protestos pró-democracia em 2019, o governo de Hong Kong criou novas leis de segurança nacional. Além disso, com a covid-19, regras de lockdown e quarentena foram impostas de forma rígida, mas afrouxadas para que a série fosse gravada. Kidman e os demais membros da equipe puderam filmar na região em 2021, em meio à pandemia, sob a alegação de que aquilo se tratava de "trabalho profissional designado [...] que contribui para o funcionamento essencial e o crescimento da economia de Hong Kong".

Contrariando as críticas, no entanto, a série retrata o movimento Occupy Central, de 2014, também de cunho pró-democrático, o que poderia representar uma ameaça para o governo de Hong Kong por si só.