Spike Lee trabalha em documentário sobre Michael Jackson

Filme relata detalhes do álbum Bad, que completa 25 anos em agosto

Rolling Stone EUA Publicado em 10/07/2012, às 18h21 - Atualizado às 18h22

Michael Jackson
AP

O diretor Spike Lee está trabalhando nas últimas etapas da pós-produção de um documentário sobre Michael Jackson que foca especialmente no álbum Bad, de 1987, e na turnê mundial do disco.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O filme celebra os 25 anos do álbum, que serão completados em agosto. São cerca de 40 entrevistas feitas por Lee com confidentes, coreógrafos, músicos e outras pessoas próximas ao Rei do Pop. O diretor também entrevistou estrelas contemporâneas como Kanye West e Sheryl Crow, que foi backing vocal na turnê.

“Eu sou mais um grande fã de Michael Jackson”, disse Lee em um comunicado. “Estou tendo a chance de realmente conhecê-lo e trabalhar com ele – estou profundamente envolvido com o legado dele.”

O documentário busca contar a história do trabalho revolucionário que resultou em uma maratona de shows que quebrou recordes. Os inovadores clipes que resultaram do trabalho, como o da faixa-título, dirigido por Martin Scorsese, também serão retratados.

“Spike Lee é um contador de histórias genial. Isso combinado à sua paixão e idolatria por Michael o tornou o nome perfeito para relatar o universo de Bad”, comentaram John Branca e John McLain, responsáveis pelo espólio de Jackson. “Nós estamos ansiosos para trabalhar com ele neste projeto único.”

Além do documentário, um box comemorativo será lançado dia 18 de setembro e vai incluir o álbum original e a gravação inédita de uma performance no estádio de Wembley, em Londres, no dia 16 de julho de 1988. Já o filme de Lee ainda não tem data de lançamento.

“Com este projeto, eu pude revelar o que tornou Bad tão gigantesco e importante para a carreira dele”, adicionou Lee. “Pude desenterrar histórias que rondam a produção do álbum, o tão aguardado sucessor de Thriller(o disco mais vendido de todos os tempos), além dos clipes e da turnê que não se assemelharam a nada feito antes.”

Em 2009, Lee dirigiu o clipe da faixa póstuma “This Is It”, que utilizou material de arquivo e tributos de fãs. Anos antes, em 1996, ele veio ao Brasil junto ao Rei do Pop para gravar o vídeo de "They Don't Care About Us".