Spotify e ABMI fecham acordo para autores independentes terem mais controle sobre suas obras

Acordo entre Spotify e ABMI facilitará o recebimento de direitos autorais pelos autores de música independentes; saiba mais

Redação Publicado em 08/12/2021, às 17h44

None
Logo Spotify (Foto: Reprodução)

A Associação Brasileira de Música Independente (ABMI) anunciou um acordo com o Spotify que facilitará o recebimento de direitos autorais pelos autores de música independentes e dará maior clareza ao processo de recebimento desses valores.

O anúncio foi feito durante o Rio Music Market, conferência sobre o mercado da música realizada pela ABMI, e que ocupará o Teatro Claro Rio até quinta, 9 de dezembro.

+++ LEIA MAIS: Marília Mendonça, Barões da Pisadinha e mais: os 5 artistas mais ouvidos do ano no Spotify Brasil

O acordo entre ABMI e Spotify acontece para que os independentes possam ter maior controle sobre os dividendos de seus direitos. Basicamente, os associados da ABMI que disponibilizarem seus repertórios terão acesso aos dados junto à plataforma de streaming de música, o que garante a diminuição de intermediários e obviamente, um maior controle das receitas advindas da sua obra", explica a CEO da ABMI, Sandra Rodrigues.

O acordo é fechado no momento em que as plataformas de streaming de áudio estão em evolução no país. Com a pandemia, o consumo de música por meio dessas plataformas aumentou, e o Brasil fechou o primeiro semestre de 2021 com mais de 60 milhões de usuários nas plataformas de streaming de áudio, incluindo contas pagas e gratuitas.

+++ LEIA MAIS: Olivia Rodrigo e Bad Bunny são os protagonistas do Spotify em 2021; confira os rankings

O 9º Rio Music Market 2021 segue até o dia 9 de dezembro, e reúne profissionais da música do Brasil e do Mundo para debater sobre a indústria e as tendências do setor. Esta edição acontece de forma híbrida, com transmissão online e também recebendo o público no Teatro Claro Rio