Steve Carell aprovou pessoalmente o uso de trecho de The Office em música de Billie Eilish

Os criadores da série estão animados por estarem presentes em um álbum número um das paradas da Billboard

Redação Publicado em 10/04/2019, às 13h02

None
Steve Carrel (Foto: Jordan Strauss/Invision/AP)

Quase uma década após o episódio "Threat Level Midnight” ir ao ar, Billie Eilish decidiu acrescentá-lo em sua canção "My Strange Addiction", que incorpora o seu disco When We All Fall Asleep, Where Do We Go?.

Mas, Steve Carell, que na trama interpreta Michael Scott, teve que aprovar pessoalmente o sample para ser utilizado na canção. Os diálogos como "Eu não faço essa dança desde que a minha esposa morreu" e "Você deveria estar em festivais", estão na faixa e assim, como qualquer amostra, teve que ser autorizada.

"Quando nós fizemos o beat para "My Strange Addiction", me lembrou a música que eles tocam na 'dança scarn'", contou Eilish para a MTV News. "Eu pensei que isso era muito engraçado, então nós pegamos o áudio na Netflix e colocamos na música, e sem pensar se eles diriam sim ou se podíamos fazer isso. Afinal, a música é sobre vícios estranhos, e The Office é o meu."

"Ela teve que obter a aprovação de todo o elenco que estava no trecho", explicou B. J. Novak, escritor e produtor executivo da série. "Eu estava bem com isso de qualquer forma, porque foi como um bônus." completou. O disco When We All Fall Asleep, Where Do We Go? alcançou o primeiro lugar do Top 200 Álbuns da Billboard no Estados Unidos e a cantora alternativa bateu o recorde feminino de músicas no Hot 100 da Billboard com 14 faixas entre as 100 mais ouvidas no país.

Steve Carell também teve que aprovar seus vocais antes de que a música fosse lançada. Eve Nelson que compôs a música para o episódio e ficou em êxtase. Ela é uma defensora fervorosa de Billie e ficou genuinamente chocada que ela havia se inspirado em seu trabalho. 

"Não consigo dizer muito sobre essa garota", ela diz. "Ela é, para mim, uma das artistas jovens mais talentosas atualmente. Ela se arrisca, é ela mesma. Eu amo o jeito como ela fala as coisas. Eu penso que é brilhante. Eu respeito e admiro muito ela. Estou honrada por ter algo a ver com a inspiração de Billie Eilish", completa Nelson.