Stuart Murdoch fala sobre o filme God Help The Girl e do próximo trabalho do Belle and Sebastian

A banda começa a gravar em março

KATIE VAN SYCKLE Publicado em 21/01/2014, às 12h04 - Atualizado em 22/01/2014, às 12h46

Stuart Murdoch
Chris Pizzello/AP

“Às vezes você só quer que sua vida se transforme em uma música pop”, disse o frontman do Belle and Sebastian Stuart Murdoch na semana passada em Sudance, quando apresentou os temas do primeiro filme dele, God Help the Girl. O filme levou mais de dez anos para ser feito e é um musical que se passa em um verão excêntrico de Glasgow, centrado em três amigos que estão formando uma banda. A Rolling Stone EUA falou com Murdoch sobre a sua primeira investida no cinema, ter John Hughes como inspiração e os planos para o nono álbum do Belle e Sebastian.

Você sempre quis fazer um filme ou foi uma evolução natural a partir dos videoclipes?

Eu acho que foi uma evolução natural dos videoclipes. [O guitarrista do Belle and Sebastian, Stevie Jackson] e eu falávamos sobre fazer um filme com a banda, mas daí acabou indo para um lado mais formal, e algo mais próximo a uma narrativa fictícia.

A jovem atormentada do filme, Eve, me lembrou da garota da música do Belle and Sebastian “Expectations”, que faz "estatuetas do Velvet Underground em argila". Quem é essa menina? Ela parece inspirar bastante o seu trabalho. .

Eu não sei, é algo que, acho, vem naturalmente para mim desde jovem, quando eu estava escrevendo as coisas do Belle and Sebastian. Eu não sei se é a pessoa que você deseja, ou a pessoa que você quer ser, como uma sombra de alguém da sua juventude. De repente, eu estava escrevendo ou sobre uma garota como essa, ou escrevendo a partir da perspectiva dela, então talvez um pouco dos dois.

Você conhece uma garota como aquela?

Existe uma Eve, e o que eu quero dizer com isso é que essa Eve da minha mente é fixa, ela é um personagem real, apesar de não ser uma pessoa real. Existe uma Eve definitiva, e ela foi quem movimentou tudo aquilo.

Eu acabei de escrever uma música nova para o Belle and Sebastian chamada “The Everlasting Muse” e talvez seja a última música de Eve, a última coisa que você vai ouvir dela. Ela poderia, de alguma maneira, ser a musa clássica que te visita e te inspira e te faz companhia.

Em quais outros filmes você estava pensando enquanto fazia este filme? Hedwig - Rock, Amor e Traição ?

Eu diria que os filmes nos quais você pode ter pensado, eu não assisti. Eu nunca vi Hedwig, eu nunca vi Once. Eu nunca vi Once, especificamente. Quando eu estava escrevendo isso, Once foi lançado, e eu sabia que eu não queria assistir. Eu não amo musicais, mas eu amo filmes. Algumas das principais referências eram filmes normais, tudo do John Hughes. A Garota de Rosa-Shocking, Picardias Estudantis, Loucura de Verão. Mais um monte de filmes britânicos, como O Mundo Fabuloso de Billy Liar. Eu tive que me debruçar muito mais sobre filmes de que eu gostava do que discos que eu gostava, porque era muito novo para mim. Se eu visse alguém usando um truque em um filme, eu roubaria e usaria.

E agora você está de volta ao estúdio com o Belle and Sebastian?

Sim, nós estivemos escrevendo em Glasgow e vamos começar a gravar em março. Eu espero que saia no final do ano. Se não sair, é porque falhamos. Uma das coisas que queremos explorar – isso pode parecer um pouco ridículo, mas temos esse lance chamado Eurovision Song Contest. Por exemplo, o Abba venceu em 1974, e foi assim que eles ficaram conhecidos. E essa foi a última grande música do Eurovision. Desde então tem sido um fracasso, mas te dá uma ideia de todos os países, e é a única ocasião em que a Europa se junta para essa grande festa, e agora, especialmente agora, que temos o os russos e os países do leste europeu, foi tudo deslocado para o leste. De alguma maneira, eu me lembro de dizer para a banda, eu quero fazer um álbum no qual uma música pareça a música escolhida pelo Chipre para concorrer 1974. E então a próxima música seria a da Alemanha em 1989, algo do gênero. Você pode não enxergar isso nas músicas prontas, mas de alguma maneira essa foi uma inspiração.